Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Crimes

Vidente poliamoroso é preso por tentativa de abuso sexual usando imagens de alienígenas

Hirohito Shibuya, de 74 anos, teria utilizado imagens de alienígenas para tentar fazer lavagem cerebral em jovem vítima; entenda!

Fabio Previdelli

por Fabio Previdelli

fprevidelli_colab@caras.com.br

Publicado em 21/02/2023, às 10h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O vidente Hirohito Shibuya - Reprodução/Video/YouTube
O vidente Hirohito Shibuya - Reprodução/Video/YouTube

No último dia 7 de fevereiro, a polícia de Tóquio prendeu um vidente poliamoroso de 74 anos e uma de suas ex-esposas por supostamente tentarem fazer lavagem cerebral em uma jovem, lhe mostrando 'fotos' de alienígenas

Segundo o jornal local Kyodo News, as autoridades suspeitam que Hirohito Shibuya e sua ex-esposa Chiaki, de 43, planejavam abusar sexualmente de uma adolescente após fazerem lavagem cerebral nela. 

Os dois foram detidos sob suspeita de tentar cometer relações sexuais ‘forçadas construtivas’ — quando a vítima está inconsciente ou sem condições de resistir, apontaram os investigadores. Shibuya negou as acusações, mas Chiaki optou por não se pronunciar. 

De acordo com as autoridades, o caso teria ocorrido em 12 de dezembro de 2022, na casa do vidente, em Higashi-yamato, perto de Tóquio. Hirohito vive no local ao lado de Chiaki e ao menos oito de suas ex-esposas, além de três filhos. 

As investigações contra Hirohito Shibuya

Conforme reportado pelo All That Interesting, as investigações apontam que Chiaki teria atraído a adolescente usando o pretexto de apresentá-la a um ‘verdadeiro cartomante’. Em vez disso, a polícia crê que ela e Shibuya mostraram à vítima imagens de alienígenas por várias horas.

Eles diziam que ela “seria abduzida” caso não se relacionasse com eles. A jovem teria acreditado nos dois e prometido visitá-los posteriormente, mas seus amigos lhe convenceram a procurar a polícia. 

Segundo o Japan Times, esta não é a primeira vez que Hirohito Shibuya é acusado de algo semelhante. Em 2006, o vidente foi preso após supostamente tentar forçar uma vítima a morar em seu harém com outras 10 mulheres. 

Antes disso, em 20 de outubro de 2005, ele teria pressionado uma jovem de 20 anos por cerca de duas horas para convencê-la a se juntar à sua ‘família’. Um investigador disse que Shibuya ameaçou a vítima dizendo: “Se você sair daqui, será moída. Se você contar a alguém, você será morta”. Ele, porém, negou o ocorrido, alegando: “Apenas contei a ela o que apareceu em [meu] sonho”.

À época, as autoridades o descreveram como um homem desempregado, mas relatos apontam que Hirohito era apresentado como um adivinho e hipnotizador. O sujeito confirmou que estava lendo a sorte da mulher e que não havia feito ameaças, mas ressaltou que “podia ter dito coisas assim enquanto [ele] se empolgava lendo a sorte”. 

Ele também disse a um entrevistador que não podia trabalhar devido à gota e ao transtorno do pânico, para o qual recebia apoio de seu harém. “Em um sonho, percebi que me tornaria popular entre as mulheres se fizesse certos encantamentos”, relatou. 

As mulheres começaram a se reunir em minha casa quando eu estava adivinhando. Agora estou vivendo em comunhão com essas mulheres de uma forma semelhante à poligamia”, completou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!