Matérias » Personagem

15 dias sobrevivendo sob os escombros: a saga de Darlene Etienne

Etienne surpreendeu a equipe de resgate ao ser encontrada viva após um terremoto no Haiti em 2010

Giovanna Gomes Publicado em 29/10/2020, às 15h02

Darlene Etienne após ser resgatada
Darlene Etienne após ser resgatada - Divulgação/Youtube

No ano de 2010, um forte terremoto ocorreu no Haiti resultando na morte de 200.000 pessoas e deixando outras feridas. Uma dessas pessoas resgatadas com vida foi a jovem Darlene Etienne. A menina, que tinha 16 anos na época, sobreviveu após ter passado 15 dias debaixo dos escombros de sua casa em Porto Príncipe. Mas como isso foi possível?

Enquanto procuravam  sobreviventes, moradores locais ouviram a voz de uma menina sob os escombros e logo acionaram o resgate.

Imagem de escombros no Haiti após terremoto em 2010 - Wikimedia Commons

 

Claude Fuilla, que participou da missão, ouviu a voz da menina enquanto caminhava sobre o telhado destruído. Logo ele pode avistar os cabelos de Darlene cobertos de poeira. Ele retirou parte dos escombros para abrir uma passagem e conseguiu alcançar a adolescente.

Com a confirmação de que ela estava viva, os bombeiros cavaram um buraco que permitiu que ela recebesse oxigênio e também água. Após 45 minutos, eles conseguiram retirá-la do local.

Quando ela finalmente foi retirada dos escombros, os vizinhos começaram a aplaudir, parabenizando o trabalho dos bombeiros. A equipe então gritou: "Somos a melhor equipe do mundo".

A jovem Darlene foi resgatada em estado consciente, mas estava muito desidratada e com a perna esquerda quebrada. Segundo um membro da equipe de resgate, JPMalaganne, ela chorava muito e estava feliz por ter sido encontrada. "Não sei como ela resistiu tanto tempo. É um milagre", disse ele.

Darlene machucada após o resgate / Crédito: Divulgação-Youtube

 

Após concluída a missão, a jovem foi levada para um hospital militar, no entanto, foi transferida para outro local. A família de Darlene Etienne declarou que ela havia acabado de começar os estudos quando se deparou com os horrores da catástrofe. Nove dias antes do terremoto, ela tomou a decisão de morar com o primo e a esposa para estudar em um colégio próximo à casa do casal.

Segundo Stephen Sadak, membro da equipe de resgate francesa, em declaração à Reuters,"ela conseguiu sobreviver porque não foi esmagada pelos escombros e havia um espaço onde ela poderia se deitar."

Karen Allen, repórter da BBC, disse que a equipe de resgate relatou a ela que a Etienne estava presa no banheiro e, assim, que conseguiu sobreviver bebendo água do banho.


+Saiba mais sobre o Haiti por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Haiti: Dois Séculos de História, de Everaldo de Oliveira Andrade - https://amzn.to/3kDTDR2

A Revolução do Haiti e o Brasil Escravista: o que Não Deve ser Dito, de Marco Morel - https://amzn.to/2JlOWxL

There Is No More Haiti – Between Life and Death in Port–au–Prince, de Greg Beckett - https://amzn.to/2HI8Thp

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W