Matérias » Bizarro

A excêntrica saga da suposta tumba de Nicolas Cage

O ator seria dono de um excêntrico mausoléu em formato de pirâmide localizado em um cemitério de Nova Orleans

Giovanna Gomes Publicado em 31/01/2021, às 10h00

O ator Nicolas Cage e seu mausoléu
O ator Nicolas Cage e seu mausoléu - Divulgação/Twitter

O excêntrico ator Nicolas Cage, famoso por uma série de filmes dos mais variados gêneros, como Motoqueiro Fantasma (2007) e Despedida em Las Vegas (1996), pelo qual o artista venceu o Oscar, há cerca de uma década, teria feito algo que deixou muitas pessoas curiosas - isso, claro, além de ter entrado numa briga após comprar um fossíl contrabandeado sem saber

Em 2010, o TMZ noticiou que um mausoléu em formato de pirâmide num cemitério localizado na cidade de Nova Orleans, nos Estados Unidos, foi adquirido. O objetivo, como é de se imaginar, seria abrigar restos mortais. 

A pirâmide, ainda sem nome, tem quase três metros de altura e se destaca entre os demais túmulos. Nela, há a inscrição em latin "Omnia Ab Uno", que significa "tudo em um só".

A pirâmide do ator/ Crédito: Wikimedia Commons

 

E foi justamente assim que Cage cravou seus nomes na mídia quando a novidade acima foi divulgada. Isso porque ele teria adquirido a bizarra tumba sem nome no cemitério de St. Louis.

Teorias 

A verdade é que não se sabe os motivos que levaram Cage a comprar o mausoléu, já que ele se recusou a comentar o fato. Contudo, alguns fãs acreditam que trata-se uma homenagem a “A Lenda do Tesouro Perdido”, uma famosa franquia de filmes estrelada pelo ator.

Outras pessoas dizem que a pirâmide é a prova final de que ele possui envolvimento com os Iluminatti, uma sociedade secreta - o que nunca foi comprovado. Fato, é que a susposta compra do astro causou polêmica na época.

O excêntrico Nicolas Cage / Crédito: Wikimedia Commons

 

De acordo com o Atlas Obscura, alguns residentes da cidade acham que Nicolas Cage teria diminuindo a importância histórica do Cemitério de St. Louis. Afirmam até mesmo que sua pirâmide acabou por danificar túmulos vizinhos.

O site também explica que outros gostaram tanto da novidade que o mausoléu se tornou ponto turístico, sendo que até mesmo uma tradição beijar o túmulo foi estabelecida por alguns curiosos.

O Evening Standart relata que a última ocasião em que o ator foi flagrado visitando a pirâmide no cemitério, se deu em fevereiro do ano passado, quando passou por Nova Orleans para comemorar o Mardi Gras, festival tradicional da cidade. Mas os atos insólitos do artista não são resumidos na tumba.

No ano de 2007, Nicolas Cage realizou a compra de um famoso imóvel localizado em Nova Orleans: a mansão LaLaurie, que pertenceu a Delphine LaLaurie, socialite que, conforme a lenda, teria torturado e matado inúmeros negros escravizados no interior da propriedade durante o século 19.

Além da mansão histórica, o ator comprou também na mesma cidade a Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.


+ Saiba mais sobre Hollywood por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W