Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Entretenimento

Além de Hendrix: outras estrelas que tiveram o pênis moldado por artista

Outros artistas tiveram seus falos eternizados em gesso por Cynthia ‘Plaster Caster’ Albritton

Redação Publicado em 28/05/2022, às 08h00

Cynthia Albritton com alguns de seus moldes penianos expostos - Divulgação/Facebook
Cynthia Albritton com alguns de seus moldes penianos expostos - Divulgação/Facebook

Nesta semana, foi anunciado que uma peça peculiar entraria no acervo de um museu. A verdade é que nem o artefato nem a instituição são dos mais comuns: trata-se do molde peniano de Jimi Hendrix a ser exposto no The Phallological Museum (Museu Falológico Islândes).

A expectativa é que, no próximo mês, o molde de pênis do lendário guitarrista passe a integrar o patrimônio do museu dedicado somente ao falo: são mais de 200 exemplares de 93 espécies animais, incluindo 50 pênis de baleias e até mesmo de ratos.

Embora fosse composto apenas de peças de animais, agora, o Museu Falológico Islândes deve contar com o pênis eternizado em gesso do músico em decorrência de um dos últimos pedidos da criadora do item antes de falecer, em 21 de abril de deste ano.

“É com sentimentos de tristeza e orgulho que o Museu Falológico Islândes anuncia que antes de falecer, Cynthia ‘Plaster Caster’ Albritton, decidiu doar para o museu um dos poucos moldes de Jimi Hendrix”, escreveu a instituição.

A artista

Crédito: Divulgação/Youtube/THE GOLDEN AGE OF HARD ROCK

A responsável por toda essa façanha foi Cynthia Albritton, conhecida pelo apelido de Cynthia Plaster Caster, que morreu aos 74 anos em abril deste ano. Segundo um de seus representantes confirmou à Variety, ela sofria de uma doença há muitos anos.

A artista ficou famosa pelo seu trabalho com moldes de pênis de figuras famosas, enquanto se tornava uma das maiores groupies da história do rock n' roll — um termo usado para falar de fãs que perseguiam ídolos e poderiam ter um envolvimento amoroso com eles.

Tudo começou em 1968, quando decidiu desmistificar lendas sobre os volumes dos colegas da música ao andar com eles em turnês. Contou com o apoio, inclusive, do lendário roqueiro Frank Zappa, que não serviu como modelo para o molde.

Os moldes

O modelo de gesso de pênis do Jimi Hendrix /Crédito: Divulgação/ YouTube/fred99be

Jimi Hendrix foi o primeiro a passar pelo procedimento peculiar para eternizar seu pênis em gesso. O molde foi coletado pela artista em fevereiro de 1968, dois anos antes do astro falecer, em 18 de setembro de 1970.

Jimi Hendrix estava vindo para a cidade. Nós éramos as groupies que chegaram primeiro ao hotel e as únicas no quarto dele….Ele é o meu maior”, disse ela, de acordo com a Rock Scene.

Embora seu falo moldado seja o mais conhecido e o que vai integrar o acervo do museu, ele está longe de ser o único — Cynthia inclusive ampliou seu leque de modelos indo além dos músicos, fazendo moldes também de pênis de cineastas.

No total, como reportou o jornal Folha de S. Paulo, a coleção peculiar da artista chegou a ter cerca de 50 moldes penianos, contando com nomes famosos da música e do cinema mundial.

Além do guitarrista, ela também usou gesso para mostrar ao mundo os órgãos genitais de artistas como Wayne Kramer, do MC5, Pete Shelley, do Buzzcocks, o vocalista do Dead Kennedys, Jello Biafra, o músico Peter Tork, além de membros do Nine Inch Nails, dos Beach Boys, e do The Kinks. 

Fora os falos, Albritton também decidiu registrar seios de artistas como forma de mostrar que o seu trabalho também apoiava o movimento igualitário. A partir dos anos 2000, passaram pelo gesso Laetitia Sadier, do Stereolab, e Sally Timms, dos Mekons e Peaches.