Matérias » Primeira Guerra

Batalha de Verdun: o mais longo conflito da Primeira Guerra Mundial

Sendo também a segunda mais sangrenta batalha do confronto mundial, ela deixou pelo menos 250 mil mortos

Redação Publicado em 28/01/2020, às 16h52

Soldados durante a Batalha de Verdun
Soldados durante a Batalha de Verdun - Getty Images

Entre 21 de fevereiro e 19 de dezembro de 1916, foi travado o mais longo conflito da Primeira Guerra Mundial: a Batalha de Verdun, durando 303 dias. Ela também é considerada a segunda mais sangrenta, ficando depois somente da Batalha do Somme, que aconteceu entre julho e novembro de 1916.

No confronto, se enfrentaram os exércitos francês e alemão em colinas próximas a Verdun, cidade na região nordeste da França. Durante o período, morreram pelo menos 250 mil pessoas, somadas a mais meio milhão de feridos. Os números constam para os dois lados da guerra.

Crédito: Wikimedia Commons

 

As altas baixas devem-se, principalmente, aos equipamentos utilizados pelos exércitos ao longo do conflito. Foram usadas principalmente armas como lança-chamas e gás venenoso, responsáveis pela morte dos europeus envolvidos. Acredita-se que essa estratégia tenha sido uma “amostra” do que aconteceria nos próximos meses — e anos.

 Os alemães conseguiram causar mais perdas do lado francês porque ultrapassavam o número de soldados dos oponentes. Utilizando sua artilharia pesada, deixaram um rastro de destruição na região francesa, o que foi denominado pelo escritor alemão Ernst Junger como "tempestade de aço."

Mesmo com todo o horror que deixaram, eles perderam a batalha. Os franceses conseguiram vencer em seu próprio território.

Crédito: Wikimedia Commons

 

Após o conflito, uma frase ficou muito famosa. "Não passarão!", bradado pelo comandante francês Robert Nivelle, tornou-se um símbolo da Batalha de Verdun, e é dita até os dias de hoje pelos franceses durante manifestações.

Hoje, a região abriga o Memorial de Verdun, um memorial construído nos anos 1960 com o intuito de homenagear a vitória da França sobre a Alemanha durante o conflito ocorrido durante a Primeira Guerra Mundial. No local, ainda estão hospedados restos mortais de soldados não identificados após a batalha.


Saiba mais sobre a Primeira Guerra Mundial por meio das obras a seguir:

A Primeira Guerra Mundial: Os 1.590 dias que transformaram o mundo (2017) - https://amzn.to/2Bqc078

Box 1914-1918: a História da Primeira Guerra Mundial  (2016) - https://amzn.to/33JxoQM

A Primeira Guerra Mundial - https://amzn.to/2MS57Rf

O horror da guerra: Uma provocativa análise da primeira guerra mundial - https://amzn.to/2MOJMIw

A primeira guerra mundial: História Completa (2013) - https://amzn.to/2P0HKrC

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.