Matérias » Mundo animal

Boji: o vira-lata turco que que virou o xodó de Istambul por usar transporte público

Entre balsa, metrô, ônibus e bonde, o doguinho percorre, por dia, no mínimo, 29 estações — o que representa cerca de 30 quilômetros

Fabio Previdelli Publicado em 07/11/2021, às 10h00

O vira-lata Boji
O vira-lata Boji - Divulgação/Twitter/@boji_ist

Onipresente na vida do brasieliro, o vira-lata caramelo virou um símbolo do país. Não à toa, um deputado chegou a criar uma petição para que a figura do cãozinho estampasse as notas de R$200, que foram lançadas em setembro do ano passado. 

Unanimidade nacional, o vira-lata caramelo passou a ser uma figura influente na cultura popular, afinal, de acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Qualibest, em 2017, os cães sem raça definida representam 41% do total de cachorros de estimação espalhados pelo país. 

Sátira de cédula de R$ 200 com cachorro vira-lata caramelo/ Crédito: Divulgação

 

Se por aqui a instituição vira-lata caramelo se destaca, na Turquia, um outro cachorro chama a atenção. Conheça a história de Boji, o doguinho que usa ônibus, metrô, balsa e que se tornou um ilustre viajante em Istambul.

Boji, o 'vira-lata caramelo' turco

Pelas ruas de Istambul, na Turquia, o vira-lata Boji já se tornou uma figurinha carimbada. Carismático e filho do mundo, ele já é considerado uma celebridade por onde passa. Afinal, todos querem tirar uma foto com ele e lhe dar alguns chamegos. 

O motivo de tal popularidade é simples, o cãozinho, descrito como “uma mistura de pastor-da-anatólia” é muito perspicaz e inteligente, já que circula normalmente por bondes, ônibus, metrôs e balsas pela cidade. 

Como explica uma matéria publicada pela BBC, ninguém sabe ao certo como ele aprendeu a usar o sistema de transporte público de Istambul, o que o faz ter um charme ainda mais especial. Aylin Erol, que trabalha como motorista de bonde, diz que o cachorro é tão educado e comportado que deveria servir de exemplo para todos os passageiros. 

Após fotos de Boji começarem a circular pelas redes sociais, Erol conta que ele e sua equipe levaram o animal para um veterinário, onde um chip de rastreamento foi implantado nele. 

Assim, além de conseguirem identificar em tempo real por onde ele anda, o microchip também permite que as autoridades locais saibam mais detalhes sobre seu estado de saúde, o que certifica se ele está se alimentando regularmente ou se hidratando. 

Fora isso, um fato curioso foi descoberto na rotina do canino: ele visita, todos os dias, ao menos 29 estações. Isso significa que, em dias mais tranquilos, ele cobre uma área de 30 quilômetros. 

Além do mais, Istambul, que fica situada entre as costas da Europa e Ásia, possui um sistema de balsas, que também faz parte do trajeto de Boji. Certa vez, o vira-lata foi visto viajando até as Ilhas dos Príncipes, no Mar de Mármara. 

Perfil nas redes sociais e a origem do nome

Boji acabou se tornando tão famoso na cidade turca que uma conta no Twitter foi aberta em seu nome para acompanhar a trajetória do animal.

Atualmente, o @boji_ist já possui mais de 92 mil seguidores em cerca de dois meses de conta. Um verdadeiro fenômeno. 

Ele sabe para onde ir. Ele sabe onde descer", diz Erol. "É como se ele soubesse para onde está indo."

Segundo os dados de seu rastreador, seu meio de transporte preferido é o bonde. Daí a explicação para seu nome, já que Boji significa algo como “truque ferroviário” ou “bogie” — que é a estrutura que fica na parte de baixo dos vagões e que serve para dar mais estabilidade para o veículo durante seu trajeto. 

"Você pega o trem e, de repente, vê Boji", relata o motorista. "Você apenas sorri e aproveita o momento… Isso é o que Boji evoca para os moradores de Istambul. Ele nos lembra que ainda podemos aproveitar Istambul em meio à correria".


+Saiba mais sobre o reino animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Ocean: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2015) - https://amzn.to/31L941I

Animals: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2012) - https://amzn.to/33TNk6r

Life Lessons from the Heart of Horses: How Horses Teach Us About Relationships and Healing, de Kathy Pike (2021) - https://amzn.to/31JdYMA

Animal Kingdom: A Collection of Portraits, de Randal Ford (2018) - https://amzn.to/33QdKWN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W