Matérias » Crime

Como um podcast mudou o rumo das investigações do desaparecimento de Lynette Dawson

A australiana desapareceu em 1982, porém, foi em 2018 que aconteceu a grande reviravolta em seu caso

Ingredi Brunato Publicado em 25/10/2020, às 10h00

Fotografia de Lynette Dawson
Fotografia de Lynette Dawson - Divulgação

Em 1982, Lynette Dawson decidiu fazer um passeio pela praia de Northbridge Baths, próxima de Sydney, na Austrália, com sua mãe. Todavia, a mulher não encontrou sua filha no ponto de encontro. Ou em nenhum lugar pela praia. E assim que começou um caso de desaparecimento que já dura 37 anos. 

Estranhamente, o caso não começou como desaparecimento. Isso porque o marido da australiana, o ex-jogador de rúgbi Chris Dawson, alegou que ela fugiu para se juntar a um grupo religioso. Foi só um mês depois que o sumiço de Lynette começou a ser investigado. 

Já nesse ponto da história, havia suspeitas recaindo sob Chris. Um dos grandes motivos para isso, além de sua falta de preocupação com a mãe de seus dois filhos indo embora sem deixar vestígios, era que ele estava tendo um caso extraconjugal na época do desaparecimento da esposa. 

Dawson era trabalhava como professor de educação física em escolas de ensino médio, e estava tendo um caso com Joanne Curtis, uma aluna que tinha apenas 16 anos de idade. Para deixar as coisas ainda mais estranhas, a menina se mudou para a casa do casal, para morar com ele e seus filhos, apenas dois dias depois do desaparecimento. Não muito depois, a adolescente deu à luz a uma criança. 

Lynette pouco antes de seu desaparecimento  Crédito: Divulgação/ Youtube 

 

Investigações 

 Os advogados de defesa do professor de Educação Física sustentaram sua versão inicial de que a esposa havia abandonado a família - mesmo sendo descrita como uma 'mãe amorosa' - para se juntar a um grupo religioso. 

Eles tinham também uma coincidência familiar que foi citada a favor dessa argumentação: era exatamente o que a sogra do irmão mais velho de Chris tinha feito, recomeçando sua vida com outra identidade na Nova Zelândia. 

Durante 35 anos, as investigações sobre o paradeiro de Lynette Dawson foram raras e geralmente levaram a becos sem saída. Longas e detalhadas entrevistas foram feitas, e o telefone do marido suspeito foi grampeado, contudo, nenhum corpo foi revelado, e os possíveis rastros deixados para trás pela mulher pareceram se esgotar. 

Reviravolta 

Isso, até 2018, quando dois eventos aconteceram quase simultaneamente. O primeiro deles foi o resultado da reabertura do caso de Lynette em 2015, dessa vez como suspeita de assassinato, não mais de pessoa desaparecida. Três anos depois, os investigadores afinal tinham reunido evidências suficientes para levarem aos promotores. 

O segundo deles, que pode ser considerado até mais relevante que o primeiro, foi o lançamento de um podcast de jornalismo investigativo chamado “The Teacher’s Pet” (Ou “O animal de estimação do professor”, em tradução livre), que se dedicou também ao desaparecimento da esposa de Chris

Fotografia do jornalista Hedley Thomas, criador do podcast   Crédito: Divulgação/Youtube 

 

Em 16 episódios, o jornalista Hedley Thomas compilou uma grande quantidade de informações e evidências que nunca tinham feito parte do caso original, conseguindo, por exemplo, entrevistar testemunhas que a polícia não teve acesso. A teoria elaborada pelo The Teacher’s Pet era de que Lynette havia sido morta por seu marido. 

Recebendo 28 milhões de downloads, antes de infelizmente precisar ser retirado do ar, o programa gerou engajamento nas redes sociais e chamou a atenção da mídia, dando um novo impulso às investigações policiais oficiais que estavam sendo feitas após a reabertura do caso. 

Fotografia atual de Chris Dawson   Crédito: Divulgação 

 

O resultado disso foi, por exemplo, a prisão de Chris Dawson em dezembro 2018. Atualmente, ele está sob fiança.


+ Saiba mais sobre desaparecimentos por meio das obras abaixo:

Madeleine: O desaparecimento de nossa filha e a incessante busca por ela, Kate Mccann (2011) - https://amzn.to/2O1cd7C

O Que Aconteceu Com Annie, C. J. Tudor (2019) - https://amzn.to/2tLz3Jy

25 Mistérios Que Nunca Foram Resolvidos (e-book) - https://amzn.to/2vrHeeo

Sem Pistas (um Mistério de Riley Paige –Livro 1) (e-book) - https://amzn.to/30YhnX7

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W