Matérias » Curiosidades

Kalachi, a enigmática vila onde pessoas dormiam intensamente de maneira repentina

Durante muito tempo, moradores dessa aldeia acreditavam que haviam sido amaldiçoados, porém, a resposta para o problema foi bem mais científica do que parece. Entenda!

Penélope Coelho Publicado em 14/07/2020, às 10h32

Imagem da vila Kalachi
Imagem da vila Kalachi - Divulgação/Youtube/RT Documentary/2015

Habitantes da pequena vila de Kalachi, localizada no norte do Cazaquistão sofreram durante cinco anos com um problema que aparentemente não tinha nenhuma explicação.

De acordo com a BBC, dos 582 moradores da aldeia, pelo menos 120 foram afetados por um misterioso sono profundo. A vontade fulminante de dormir vinha de maneira incontrolável e quem caía no sono permanecia dormindo por alguns dias.

Assustados, os ocupantes da vila imaginavam que estavam passando por algum tipo de maldição. Além disso, desconfiavam de tudo: da água que bebiam, da comida que consumiam e até da tradicional vodca da região.

Primeiros casos

A primeira fase desse problema começou a acontecer no ano de 2010 e a partir de 2013, mais pessoas foram afetadas. Os moradores observaram que o sono intenso vinha em ondas e afetava um determinado grupo de pessoas de uma vez.

Além de misterioso, esse contratempo passou a se tornar perigoso — já que acontecia do nada quando ninguém estava esperando: "Dirigia minha moto em 28 de agosto e de repente caí no sono, fui acordar apenas em 2 de setembro, como também ocorreu com o restante dos moradores”, afirmou um cidadão de Kalachi ao site EurasiaNet.org.

Os médicos cada vez mais intrigados também não conseguiam desvendar esse enigma. Conforme o tempo foi passando e os casos se tornavam mais intensos, especialistas começaram a ligar os pontos e chegaram a uma explicação.

Casa de um morador de Kalachi / Crédito: Divulgação / Youtube / RT Documentary / 2015

 

A causa do sono

Ao observarem que a vila de Kalachi se consolidou em uma local próximo de um povoado fantasma — que já serviu de abrigo para minas de urânio, as suspeitas de que esse fato teria alguma ligação com o adormecimento repentino, começaram a ser investigadas.

No ano de 2015, cientistas chegaram a uma resposta: os moradores dormiam de repente devido a uma combinação de monóxido de carbono com partículas de hidrocarburetos, que vagavam na atmosfera.

Na ocasião, Berdybeck Saparbayev, então vice-primeiro-ministro do Cazaquistão veio a público em entrevista coletiva e explicou a situação. Na época, Saparbayev revelou que quando o monóxido de carbono e os hidrocarbonetos aumentam, o oxigênio baixa, resultando nos desmaios.

"Depois de fazer exames em todos os habitantes, recebemos a confirmação dos laboratórios […], a causa principal é o monóxido de carbono", afirmou Saparbayev.

Soluções

Durante as investigações, os estudiosos perceberam que o sono profundo só ocorria com a junção de três fatores: falta de oxigênio, e aumente de CO (monóxido de carbono) e hidrocarbonetos (CH), por isso, a verdade sobre o mistério levou tanto tempo para ser revelada, já que era difícil identificar esses componentes separadamente.

Os especialistas afirmaram que apesar da vila estar próxima de uma antiga mina de urânio — que está fechada desde a queda da União Soviética —, esse elemento não é o causador do adormecimento.

 "O urânio não tem nada a ver com isso. Usaram um monte de estruturas de madeira quando a mina estava em funcionamento. Depois a mina foi fechada e se encheu de água, e quando a madeira entra em contato com a água se produz monóxido de carbono", afirmou o cientista Sergey Lukashenko, na ocasião.

Apesar da descoberta, os governantes tiveram que pensar em uma maneira para proteger os moradores da vila de Kalachi, Por isso, em 2015, os sonolentos habitantes tiveram que dar adeus para a aldeia — e passaram a ser realocados em outras regiões. Dando um fim para a lenda que os atormentou durante tanto tempo.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Grandes Mistérios da História: A teoria da conspiração e os segredos por trás dos acontecimentos, de Sérgio Pereira Couto (2015) - https://amzn.to/3e7h9CC

O livro das conspirações, de Edson Aran (2016) - https://amzn.to/2Y5gpIU

Política, Ideologia e Conspirações, de Garry Allen e Larry Abraham (2017) - https://amzn.to/30MLQZZ

A conspiração franciscana, de John Sack (2007) - https://amzn.to/3fq3N4P

Conspiração Terra Plana, de Ricardo Max (2018) - https://amzn.to/2AH2Sy5

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W