Matérias » Curiosidades

O peculiar parque desativado do Papai Noel no Rio de Janeiro

O Park Albanoel já apareceu em listas de locais abandonados na internet e chama a atenção pelas antigas decorações natalinas

Redação Publicado em 12/01/2022, às 11h34

O Park Albanoel, no Rio de Janeiro
O Park Albanoel, no Rio de Janeiro - Divulgação/Youtube/Cultura Jeff

Um parque desativado, situado à beira da movimentada rodovia Rio-Santos, a 85 km do Rio de Janeiro, chama a atenção de curiosos que passam pelo bairro da Coroa Grande, em Itaguaí.

Isso porque, em vez de brinquedos comuns, o local conta com atrações temáticas que acabaram se tornando, no mínimo, peculiares. É possível observar uma série de Papais Noéis e muitos outros enfeites de Natal se deteriorando no parque.

Em vez de figuras do “bom velhinho” que trariam uma atmosfera natalina e aconchegante, o que há no lugar hoje são esculturas como renas, trenós, bengalas de açúcar, entre outras, que estão todas enferrujadas e deterioradas.

Com a temática de natal, além de piscinas, toboáguas e brinquedos para crianças, o Park Albanoel acaba aparecendo em uma série de listas e vídeos na internet sobre parques temáticos abandonados.

O parque nos dias de hoje / Crédito: Divulgação/Youtube/J4 Fly

 

De vez em quando, pessoas ainda visitam a região e publicam fotos nas redes sociais, mostrando os curiosos Papais Noéis e chamando a atenção para o local, que gera cada vez mais curiosidade.

O Park Albanoel dos dias de hoje fica muito distante do que se propôs a ser no passado. A verdade é que ele já foi muito popular e chegou a receber milhares de visitantes no começo dos anos 2000.

A origem do parque

Embora esteja sem manutenção há 16 anos, desde que fechou, o parque foi fruto de um sonho do deputado estadual Albano Reis, que desejava ajudar pessoas em dificuldades, já que ele havia vivido uma infância pobre, como reportou a BBC.

O político era conhecido como "Papai Noel de Quintino" porque realizava uma ação no bairro de Quintino Bocaiúva, na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde foi criado, em todos os natais. Reis distribuía brinquedos para as crianças e dinheiro para os adultos.

Esculturas que restam no local / Crédito: Divulgação/Youtube/Cultura Jeff

 

No entanto, ele decidiu fazer mais que isso: criaria uma cidade do Papai Noel em um terreno gigante que havia comprado no sul do estado no final dos anos 1990. O deputado explicou o contexto em uma de suas últimas entrevistas à TV Alerj:

"Eu tinha 18 anos e havia reservado um dinheiro para quando fosse servir no Exército, porque militar ganhava pouco. Mas não entrei e fiquei com aquele dinheiro sobrando. Decidi concretizar aquele pacto que tinha feito comigo. Resolvi manter um Natal permanente na minha vida”.

Além do Park Albanoel, havia ao lado a Cidade Country, que contava com restaurantes e lojas com temática faroeste. Com grandes expectativas para a atração, o político também esperava poder construir um parque aquático, que acabou não saindo do papel.

Algumas das estátuas natalinas no Park Albanoel / Crédito: Divulgação/Youtube/J4 Fly

 

O sonho era grande: transformar aquilo em uma espécie de Beto Carrero World, o parque temático inaugurado em 1991 localizado no litoral norte de Santa Catarina que atrai a visita de muitos brasileiros.

No entanto, na noite de 18 de dezembro de 2000, pouco antes do Natal, um acidente nos arredores do parque acabou por tirar a vida de Reis. Ele caminhava pela lateral da estrada para chegar na pizzaria ao lado e foi atingido por um motorista que invadiu o acostamento.

O fim de um sonho

O Park Albanoel nos dias de hoje / Crédito: Divulgação/Youtube/J4 Fly

 

A atração não cobrava entrada e recebia milhares de visitantes o ano todo, abrindo todos os dias. Excursões traziam crianças e famílias para se divertirem no parque do Papai Noel ao longo dos anos 2000.

Com a morte de seu fundador, aos 60 anos, o estabelecimento chegou a funcionar por mais dois anos. No entanto, problemas com a Justiça fizeram com que a família decidisse fechar o parque por completo em 2006, o que continua desde então.

Hoje, o que permanece no parque são algumas estátuas de Papai Noel de aparência deteriorada em decorrência do sol e das chuvas, que não refletem o que uma vez sonhou Albano Reis


+Saiba mais sobre o Natal por meio de grandes obra disponíveis na Amazon:

Papai Noel: As origens históricas e a evolução da figura lendária do Natal, de Charles River Editors (2018) - https://amzn.to/2MmBSGI

O Papai Noel ainda não vem aqui: Uma antologia de Natal, de Anne Demeneck, Fabrício e outros (2019) - https://amzn.to/371Ezpa

O Papai Noel, de E.E. Soviersovski - https://amzn.to/3985LVa

O Natal escondido: A surpreendente verdade por trás do nascimento de Cristo, de Timothy Keller (2017) - https://amzn.to/2Zpqj75

Em casa para o Natal, de Cally Taylor (2013) - https://amzn.to/2sfrZE3

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W