Matérias » Crimes

Um cadáver, muitos mistérios: A enigmática morte de Jack Wheeler

O caso que aconteceu em 2010 voltou a chamar atenção após ser exibido na nova temporada do seriado Mistérios Sem Solução, da Netflix

Penélope Coelho Publicado em 22/10/2020, às 17h36 - Atualizado em 23/10/2020, às 10h51

Fotografia de Jack Wheeler na época em que serviu o exército
Fotografia de Jack Wheeler na época em que serviu o exército - Divulgação / Netflix

Nascido em 14 de dezembro de 1944, em uma família de tradição militar, Jack Wheeler, tinha todos os requisitos para ter cumprido uma trajetória regular em sua vida, contudo, sua morte envolve um dos maiores mistérios não solucionados dos Estados Unidos.

A maneira com que Wheeler perdeu a vida, em dezembro de 2010, é tão enigmática que se tornou um dos episódios da segunda temporada da série Mistérios Sem Solução, da Netflix, uma das produções de grande sucesso da plataforma. Desde então, a história de Jack voltou à tona trazendo uma série de dúvidas.

O passado

Antes de se tornar o personagem de um grande mistério, o norte-americano nascido em Laredo, no Texas, serviu como general no Exército dos Estados Unidos. Depois disso, trabalhou como assessor presidencial das administrações de Ronald Reagan, George H.W Bush e George W. Bush. Inclusive, algumas teorias relacionam seu envolvimento no governo dos Estados Unidos, com sua morte.

Além de trabalhar com as autoridades norte-americanas, o homem também ficou conhecido por liderar um memorial para veteranos da Guerra do Vietnã. Jack também atuou em diversos cargos em corporações, tendo uma vida profissional muito ativa, conhecido como alguém de prestígio nos EUA.

Jack filmado em 29 de dezembro de 2010 / Crédito: Divulgação / Netflix

 

Conforme relatado no episódio “Um corpo no aterro” de Mistérios Sem Solução, Wheeler foi assassinado em dezembro de 2010, num acontecimento conturbado e sem explicação. O que se sabe é que o corpo do ex-funcionário do governo foi encontrado em um aterro sanitário em Cherry Island Landfill, Wilmington, Estados Unidos, no dia 31 de dezembro.

Acredita-se que o homem tenha morrido um dia antes, em 30 de dezembro. A autópsia revelou que ele faleceu em decorrência de um trauma contuso, ou seja, a vítima foi atingida por um objeto contundente durante espancamento.

Antes de ser encontrado morto, houve relatos de que o texano foi visto totalmente desorientado. Sabe-se que Wheeler sofria de transtorno bipolar, mas, não há confirmações se naquele momento ele estava em crise, ou, passando por outro problema.

Na manhã de 29 de dezembro, Wheeler teria pedido a um farmacêutico de sua cidade para que o levasse de New Castle até Wilmington, o homem, por sua vez, se ofereceu para chamar um táxi, no entanto, nesse momento o ex-militar deixou a loja. O farmacêutico afirmou que Jack parecia chateado.

De acordo com os investigadores, o norte-americano queria ir para Wilmington buscar seu carro, que estava estacionado na estação Amtrak. No mesmo dia, Wheeler foi visto no estacionamento do tribunal de New Castle tentando encontrar seu veículo, mas, estava na garagem errada.

Curiosamente, ele usava somente um sapato em seus pés. Na ocasião, Jack disse para um atendente do local que alguém havia roubado sua pasta e que seu telefone também havia sumido. As pessoas que conviveram com o homem naquele dia afirmaram que ele aparentava estar tentando fugir de algo, ou de alguém. Assim, não voltou para casa.

Teorias

 Aterro em que o corpo de Jack foi encontrado / Crédito: Divulgação / Netflix

 

Os investigadores acreditam que o homem possa ter tido um abalo mental forte, também existe a possibilidade de que ele tenha sido atacado fisicamente. Contudo, para a polícia isso não explica o motivo de seu corpo ter sido deixado em um aterro.

“As pessoas que atacam ou roubam, elas não se dão ao trabalho de transportar um corpo, colocá-lo em uma lixeira - esperando que o corpo nunca seja encontrado”, afirmou Terry Meurer, co-criador de Mistérios Sem Solução.

Para a família de Jack, seu parente foi vítima de um assassino de aluguel, já que mesmo com uma grande recompensa ninguém ofereceu informações sobre o caso. Como consequência, os familiares acreditam que isso se deu porque o assassino já foi pago.

Outros acreditam que Wheeler estava no lugar errado e na hora errada; assim acabou caindo em uma grande lata de lixo, sendo carregado até o aterro sanitário. Porém, o que verdadeiramente aconteceu ainda é um mistério, mesmo quase 10 anos depois.


+Saiba mais sobre temas relacionados através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter (2019) - https://amzn.to/39YVlGK

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) - https://amzn.to/2UX47R4

Lady Killers: As mulheres mais letais da história, de Tori Telfer (2019) - https://amzn.to/3c7BoPb

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W