Vitrine » África

De órfã a fenômeno da internet: A saga de Ndakasi, a gorila que posou para uma selfie

Aos 14 anos, a gorila-das-montanhas deu o seu último suspiro nos braços de seu cuidador Andre Bauma

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 16/10/2021, às 11h25

Selfie tirada em 2019
Selfie tirada em 2019 - Divulgação / Mathieu Shamavu / www.virunga.org

No início deste mês, veio a óbito Ndakasi, uma gorila que viralizou na internet após posar para uma selfie ao lado de guardas florestais. 

Infelizmente, o animal não resistiu a uma doença rara que enfrentava há anos, falecendo nos braços de seu amigo humano, Andre Bauma, aos 14 anos de idade. 

A gorila órfã

Em 2007, o guarda florestal Andre Bauma resgatou a gorila-das-montanhas quando tinha apenas dois meses de vida. Ndakasi, como foi chamada, fora encontrada agarrada à sua mãe, após os seus pais serem brutalmente assassinados por caçadores.

Ndakasi e Ndeze quando crianças / Crédito: Divulgação / VIRUNGA NATIONAL PARK

 

Desamparada, foi levada para um local especializado administrado pelo seu cuidador. Os guardas florestais, por sua vez, decidiram cuidar do animal, já que a selva não era um lugar seguro para uma gorila órfã.

Em entrevista à BBC, em 2014, Bauma revelou que a considerava e amava como se fosse sua filha.

"Nós dividimos a mesma cama, eu brincava com ela, eu a alimentei... posso dizer que sou a mãe dela", disse o cuidador.

Sucesso nas redes sociais 

Em 2019, Ndakasi se tornou um grande sucesso nas redes sociais, ao lado de outra gorila-das-montanhas, chamada Ndeze. Na época, ambas posaram para uma selfie ao lado de guardas florestais. 

Ndakasi junto de seu cuidador Andre Bauma / Crédito: Divulgação / VIRUNGA NATIONAL PARK

 

Na imagem, percebe-se que aparentemente as gorilas tentavam imitar os humanos que as criaram. 

Essa espécie pode ser encontrada principalmente nas florestas dos parques de Uganda, Ruanda e Congo. Contudo, devido às mudanças climáticas e ação de caçadores, esses mamíferos correm riscos de vida na selva. 

O último suspiro 

No dia 5 de outubro deste ano, o Parque Virunga, localizado na República Democrática do Congo, na África, anunciou o falecimento de Ndakasi.

Aos 14 anos, a gorila sofria de uma doença rara. O seu último suspiro foi dado nos braços de Bauma, que lhe deu amor e cuidou desde os primeiros meses de vida.

O cuidador, por sua vez, revelou que conhecê-la o "ajudou a entender a conexão entre humanos e grandes macacos e por que devemos fazer tudo ao nosso alcance para protegê-los".


+Saiba mais sobre o continente africano por meio de obras disponíveis na Amazon: 

História da África, de José Rivair Macedo (2014) - https://amzn.to/3BLEXYL

A África e os africanos na história e nos mitos, de Alberto da Costa e Silva (2021) - https://amzn.to/3p8lOge

Antigas sociedades da África negra, de José Rivair Macedo (2021) - https://amzn.to/3lJ8ooE

História da África e do Brasil Afrodescendente, de Ynaê Lopes dos Santos (2017) - https://amzn.to/2YShIO2

A invenção da África, de V.Y. Mudimbe (2019) - https://amzn.to/3BLqxI0

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W