Vitrine » Cultura

Presos no gelo: obra aborda a emocionante história de sobrevivência de Ernest Shackleton

A incrível viagem de Shackleton, de Alfred Lansing, revela os bastidores do acidente marítimo que entrou para História

Victória Gearini Publicado em 28/08/2020, às 10h17

Ernest Henry Shackleton, o explorador
Ernest Henry Shackleton, o explorador - Wikimedia Commons

A bordo do Endurance, no verão de 1914, o explorador Ernest Shackleton partiu em direção ao Atlântico Sul. Seu objetivo era cruzar o continente antártico, atravessando pelo Pólo Sul. Entretanto, apenas um dia para o desembarque, o barco de Shackleton ficou preso em um bloco gelo no mar de Weddell.

Em decorrência do acidente, a embarcação ficou destruída, sendo utilizada de abrigo até a primavera quando o gelo quebrasse. Quando o momento chegou, Shackleton viu a oportunidade de retornar ao lar. No entanto, a embarcação estava repleta de buracos causados pelos pedaços de gelo, que possibilitaram a entrada de água, ocasionando o naufrágio do Endurance. 

[Colocar ALT]
Obra A incrível viagem de Shackleton, de Alfred Lansing (2011) / Crédito: Divulgação / Editora Sextante

Durante longos meses, a tripulação do Endurance sobreviveu em placas de gelo em uma das regiões mais inóspitas do globo terrestre. Desesperados com a situação, Shackleton e os demais tripulantes iniciaram seus planos para retornar à civilização por meio de botes salva-vidas.

Os emocionantes relatos dessa história de sobrevivência podem ser encontrados na obra A incrível viagem de Shackleton, escrita por Alfred Lansing. A partir de diários e entrevistas com alguns dos membros da expedição, o autor construiu uma narrativa eletrizante, capaz de narrar em detalhes como Shackleton conseguiu que todos retornassem com vida para casa, após dois anos desde o início da viagem. 

A obra foi publicada no Brasil em 2011 pela Editora Sextante, e atualmente encontra-se disponível na Amazon, em versão ebook Kindle e capa comum. Além disso, está em primeiro lugar entre as mais vendidas na plataforma, na categoria Viagens Biografias e Casos Verdadeiros. 

Confira abaixo um trecho de A incrível viagem de Shackleton (2011): 

“A ordem de abandonar o navio foi dada às cinco da tarde. Para a maioria dos homens, porém, a ordem era desnecessária, porque àquela altura todos sabiam que o navio estava condenado e que já era hora de desistir de tentar salvá-lo. Não houve nenhuma demonstração de medo e nem de apreensão. Lutaram incessantemente por três dias a haviam sido batidos. Aceitaram sua derrota quase apáticos. Estavam simplesmente cansados demais para incomodar. 

Frank Wild, subcomandante da expedição, avançou pelo convés inclinado até os alojamentos da tripulação. Lá dois marinheiros, Walter How e William Bakewell, estavam deitados nas camas inferiores dos beliches. Os dois estavam quase esgotados depois de passar cerca de três dias nas bombas; ainda assim, não conseguiam dormir, por causa dos sons que o navio fazia”.


+Saiba mais sobre esta e outras obras relacionadas ao tema disponíveis na Amazon: 

A incrível viagem de Shackleton, de Alfred Lansing (2011) - https://amzn.to/2G0xVHv

Endurance: Shackleton's Incredible Voyage (Edição Inglês), de Alfred Lansing (2015) - https://amzn.to/34L7wYq

Ernest Shackleton (Edição Inglês), de Maria Isabel Vegara (2020) - https://amzn.to/32vd4DP

South: The Illustrated Story of Shackleton's Last Expedition 1914-1917 (Edição Inglês), de Ernest Shackleton (2019) - https://amzn.to/2Qw5iUA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W