69. O Grande Ditador: Adolf Hitler

Um discurso pela paz

Leandro Steiw Publicado em 01/07/2008, às 00h00 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h36

Aventuras na História
Aventuras na História - Arquivo Aventuras

Charles Chaplin apresenta uma caricatura grotesca e irônica de Adolf Hitler. Ele é um barbeiro judeu muito parecido com o ditador da fictícia Tomânia, Adenoid Hynkel. Vai querer o destino que o primeiro seja confundido com o segundo em plena campanha de Hynkel para conquistar o mundo. O filme começou a ser produzido antes do início da Segunda Guerra e foi lançado com o conflito em andamento. A intenção era criticar as atrocidades contidas na política do Terceiro Reich. Polêmicas à parte, se é possível rir da tragédia, Chaplin foi bem-sucedido, nem que seja pela clássica dança com o globo terrestre.

[Título original] The Great Dictator

[País] Estados Unidos

[Ano] 1940

[Direção] Charles Chaplin

[Elenco] Charles Chaplin, Paulette Goddard, Jack Oakie, Reginald Gardner, Henry Daniell, Billy Gilbert, Grace Hayle, Carter DeHaven

[Preço do DVD] R$ 35

Fácil de encontrar

Fique de olho

No primeiro filme totalmente falado de Chaplin, os discursos do ditador contêm palavras em inglês que, bem caracterizadas, reproduzem o som do alemão. Já as palavras escritas no bairro judeu estão em esperanto.