Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / The Crown

The Crown: Confira o que é fato ou ficção nos últimos episódios

Com seis episódios, segunda parte da sexta temporada de 'The Crown' marca o encerramento da série, acompanhando eventos mais recentes da realeza britânica

Éric Moreira, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 15/12/2023, às 10h20 - Atualizado em 17/12/2023, às 08h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem da sexta temporada de 'The Crown' - Divulgação/Netflix
Imagem da sexta temporada de 'The Crown' - Divulgação/Netflix

Na última quinta-feira, 14, finalmente chegou à Netflix os tão aguardados episódios finais de 'The Crown', série que acompanha dramaticamente parte da história recente da monarquia britânica, desde o início do reinado de Elizabeth II.

Especificamente, ao longo da temporada 6, vemos um dos momentos mais turbulentos das últimas décadas, com a morte de Diana e todas as polêmicas que precederam e sucederam a este trágico evento, acompanhando mais de perto outros membros da realeza que não tinham tanto destaque até então, como o príncipe William (Ed McVey).

+ The Crown: Entenda o salto no tempo da parte 2 da última temporada

Com a chegada dos novos episódios, da mesma forma como apontou Ted Sarandos, chefe da Netflix, na estreia da quinta temporada, a quantidade de pesquisas no Google relacionadas à Família Real vem aumentando. Afinal, o que todos querem saber é se os eventos retratados em 'The Crown', mesmo os mais polêmicos e controversos, são reais — visto que, apesar de a série retratar eventos reais, conta com dramatização para fins narrativos.

Visto isso, a Aventuras na História procurou alguns destes detalhes. Confira a seguir o que é fato e o que é ficção na segunda parte da sexta temporada de 'The Crown':

1. William galã (fato)

Casado desde 2011 com Kate Middleton, entre o fim da década de 1990 e início de 2000, o príncipe William era visto como um galã, com seu rosto estampando paredes de quartos de meninas de vários lugares do mundo, quase como um astro pop.

No episódio 5 da série, 'Willmania', durante uma viagem de férias de trabalho no Canadá, junto ao pai, Charles, e ao irmão, Harry, William é assediado e ovacionado por um grupo de meninas.

Príncipe William em 'The Crown' / Crédito: Reprodução/Netflix

De fato, na vida real isso realmente aconteceu. Conforme descrito pela Variety, era 1998 — ano seguinte à morte da Diana  — quando o herdeiro do trono viajou ao Canadá com o pai e o irmão, onde realmente foi cercado por fãs, que gritavam seu nome.


2. Kate e Diana (ficção)

No sétimo episódio da temporada 6, chamado 'Alma Mater', podemos ver um momento em que Kate e William, ainda adolescentes e antes de namorarem, se encontram no ano de 1996. Na ocasião, o herdeiro do trono acompanhava a mãe, Diana, que vendia exemplares da revista de rua britânica Big Issue, que apoia pessoas em situação de rua. Assim, a futura princesa de Gales compra um exemplar daquela que deteve do título antes dela.

Diana (Elizabeth Debicki) e Kate Middleton (Meg Bellamy) em encontro em 'The Crown' / Crédito: Reprodução/Netflix

No entanto, por mais que a cena seja cativante e até mesmo simbólica, é completamente ficcional: de acordo com o próprio William, sua esposa nunca chegou a conhecer sua mãe. Além disso, também não há qualquer registro de que Diana tenha ajudado a vender a Big Issue, embora fosse conhecida por comprá-la ocasionalmente.


3. Morte de Henry Herbet (depende)

O mundo todo mudou depois do dia 11 de setembro de 2001, quando aviões sequestrados pela organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda foram sequestrados e jogados contra o World Trade Center, em Nova York, nos Estados Unidos, em um dos atentados terroristas mais chocantes de todos os tempos. 

O choque do episódio foi tamanho que, em 'The Crown', o sétimo conde de Carnarvon e amigo próximo da família real, Henry Herbert, sofreu um ataque cardíaco, no episódio 8, 'Ritz'.

O homem — que era apelidado de Porchey, gerenciava os cavalos de corrida da rainha e também era envolvido em rumores de que tinha um relacionamento romântico com a monarca — de fato sofreu um ataque cardíaco, como acontece na série, e veio a falecer. No entanto, nunca foi confirmado se isso aconteceu enquanto assistia reportagens sobre os ataques às Torres Gêmeas.


4. Vestido transparente (fato)

Um evento que certamente teve grande impacto na família real britânica retratado em 'The Crown', e que sequer parece tão importante assim, foi um desfile na Universidade de St. Andrews, na Escócia, onde Kate e William se aproximam, no episódio 9 ('Hope Street').

Isso porque foi nesse momento que a jovem Kate, que estava na 'friend zone' ('zona de amizade') com o herdeiro do trono, chamou a atenção de William ao desfilar com um vestido preto e transparente, que permitia ver sua roupa íntima.

Cena de 'The Crown' do desfile do vestido transparente / Crédito: Reprodução/Netflix

De fato, o desfile aconteceu na universidade em 2002, e diz-se que William, que estava na plateia, até mesmo comentou com um amigo o quanto teria se sentido atraído pela colega. Vale mencionar ainda que, em 2011, o vestido que Kate utilizou — desenhado por Charlotte Todd — foi vendido em leilão por um valor equivalente a US$ 125 mil. 

+ The Crown: A história por trás do vestido transparente de Kate Middleton


5. O funeral (fato)

Figura central em 'The Crown', a rainha Elizabeth II faleceu no dia 8 de setembro de 2022, aos 96 anos, no que precedeu vários dias de cerimônias de rito fúnebre em seu cortejo.

No décimo e último episódio da série, 'Sleep, Dearie, Sleep', a monarca trabalhou na chamada "Operação Ponte de Londres", onde planejou todos os preparativos para seu próprio funeral, mesmo que ainda demorasse muito para que a morte acontecesse — os eventos da série se encerram, cronologicamente, no ano de 2005.

Cena de 'The Crown' com três versões da rainha planejando funeral / Crédito: Reprodução/Netflix

E de fato, isso realmente aconteceu, explica a Variety. É costume na realeza britânica o grande respeito com as tradições seculares, de maneira que tudo sempre é planejado, inclusive os ritos e cerimônias pós-morte de figuras importantes.


6. Acusação de assassinato (fato)

Um dos momentos mais tensos da última temporada acontece quando Mohamed Al-Fayed, o pai de Dodi, acusa a família real britânica de envolvimento no acidente de carro fatal que matou o seu filho e a princesa Diana em 1997. Mohamed afirmou publicamente que a realeza, por meio Serviço de Inteligência Britânica, matou o casal. 

Acredito em meu coração com 99,9% de certeza que não foi um acidente. Aquele carro não bateu acidentalmente. Houve uma conspiração. Não descansarei até ter estabelecido exatamente o que aconteceu", disse ele ao Mirror em 1998, um ano após a tragédia. 

No entanto, assim como mostra a série, o inquérito policial realizado pelas autoridades concluiu que a batida do carro foi consequência da direção imprudente do motorista, alcoolizado, e dos paparazzi que os perseguiam.


7. Fantasia nazista (depende)

Os episódios finais de The Crown retratam uma polêmica que envolveu o príncipe Harry. Ao escolher roupas para uma festa fantasia com o tema 'Native and Colonial' ('Nativo e Colonial', em português), ele opta por um traje que apresenta a infame suástica nazista. 

Na série, entretanto, a atriz que interpreta Kate Middleton o aconselha a não utilizar a roupa pelo significado criminoso que carrega. Na vida real, o príncipe Harry afirmou que foi aconselhado pelo irmão e a cunhada a vestir a fantasia.

O príncipe William e Kate (à esqu.) e foto de Harry com a fantasia (à esqu.) /Crédito: Getty Images

Em 'Spare', sua autobiografia, ele explica que teve duas opções de roupas para a festa: uma de piloto ou uma fantasia infame de soldado nazista. "Telefonei para William e Kate, perguntei o que eles achavam. Uniforme nazista, eles disseram", revelou o neto da rainha Elizabeth II. Ele também reforçou que o casal riu da roupa escolhida.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!