Curiosidades » União Soviética

De alienígenas à lenda do melro-preto: 5 mitos sobre o desastre de Chernobyl

Histórias fantasiosas e teorias da conspiração rondam o trágico episódio que aconteceu há 34 anos

Isabela Barreiros Publicado em 26/04/2020, às 10h00

Usina Nuclear de Chernobyl
Usina Nuclear de Chernobyl - Getty Images

1. Ajuda alienígena

Resquícios da explosão / Créditos: Wikimedia Commons

 

É claro que os alienígenas fazem parte das lendas ligadas à tragédia de Chernobyl. Assim como em várias histórias, conta-se que o episódio teve uma mãozinha dos estrangeiros, mas a peculiaridade desse episódio é que eles não teriam causado o desastre — em vez disso, eles ajudaram os seres humanos.

A testemunha ocular Mikhail Varitsky afirma que, na noite do acidente, viu uma bola de fogo em cima do reator da usina. Ela também teria sido vista em 16 de setembro de 1989, quando houve outro problema no local, como alegou a doutora Iva Naumovna Gospina. Segundo a história contada, os alienígenas teriam ajudado a evitar mais desastres no local, evitando o vazamento de alguns reatores, contendo a radiação.


2. A lenda do melro-preto

Outra história muito peculiar é a de que alguns funcionários da usina teriam visto, nos dias que antecederam o desastre, uma figura que ficou conhecida como melro-preto de Chernobyl. Um humanoide de enormes asas pretas e olhos vermelhos teria atormentado esses trabalhadores em seus sonhos e telefonemas ameaçadores.

O arqueólogo Robert Maxwell, único a já ter trabalhado em Chernobyl conta que “a lenda afirma que, nos dias que antecederam 26 de abril de 1986, uma criatura sobrenatural foi vista no céu sobre Chernobyl por muitos dos homens na sala de controle. Eles também alegaram ter visto essa criatura aterrorizante pouco antes da explosão ”. Para ele, a história “agora tornou-se uma daquelas fábulas difíceis de rastrear, porque conta com as contas de pessoas que morreram devido a contaminação radioativa”.


3. Mutações genéticas

Uma das criaturas que sofreram mutação no jogo STALKER Shadow of Chernobyl / Crédito: Divulgação

 

Muito comum em contextos cinematográficos, graves mutações genéticas, tanto em humanos quanto em animais, fazem parte do imaginário quando se fala sobre radiação. No caso de Chernobyl, um jogo chamado STALKER Shadow of Chernobyl colaborou para essa narrativa do local pós-desastre.

No entanto, isso possui pouco fundamento científico. Até onde se sabe, não existem peixes de três olhos nem cães de duas cabeças no local — essas versões monstruosas do animal são muito mais fruto da imaginação do que da realidade. É fato que eles foram modificados pela tragédia, mas não dessa forma radical.


4. Ligação com o HIV

Em um período muito similar ao do auge do HIV, as consequências biológicas do desastre de Chernobyl começaram a ser associadas à ocorrência do vírus. A história não poderia ser mais infundada.

Segundo o ex-congressista do Alabama Glen Browder, o boato do “Chernobyl HIV” é um “aviso sussurrado contra romance e amizade com pessoas afetadas”. “Essa fofoca condenatória sobre algum tipo de doença infecciosa entre vítimas e sobreviventes naquela região é infundada, mas os propagadores de medo começaram a espalhar o boato de qualquer maneira”, afirmou.


5. Tragédia orquestrada pelo governo

O Pica-pau russo / Crédito: Divulgação

 

Não podia faltar também uma teoria da conspiração que afirma que tudo fazia parte de um plano do governo. Uma das lendas é que o fracasso da construção do sistema secreto de radares soviéticos, conhecido como Pica-pau russo, levou à autorização do colapso de Chernobyl. Para eliminar o sistema, a instalação foi deliberadamente destruída.

Outra hipótese levantada é que a CIA teria sabotado a usina, escondendo equipamentos vitais para a operação da instalação. Afirma-se, também, que tudo isso pode ter sido um plano a longo prazo dos soviéticos que não queriam que a Europa construísse outras usinas nucleares, permanecendo dependentes de petróleo e gás russo.


+ Saiba mais sobre o tema por meio dos livros disponíveis na Amazon:

Chernobyl 01:23:40: The Incredible True Story of the World's Worst Nuclear Disaster (Editição Inglês), Andrew Leatherbarrow - https://amzn.to/34BAlU7

Chernobyl 01:23:40, Andrew Leatherbarrow (2019) - https://amzn.to/2rphnlr

Sobrevivi a Chernobyl: A história real do maior desastre nuclear da história contada por quem trabalhou nele, Pedro Santiago - https://amzn.to/2oYhW4L

Chernobyl: O pior acidente radioativo da história, Ler+ Digital (2019) - https://amzn.to/2Cpv71v

Chernobyl: The History of a Nuclear Catastrophe (Editição Inglês), Serhii Plokhy (2018) - https://amzn.to/32ssOW0

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W