Curiosidades » Personagem

Vítima da corte: a terrível execução de Catherine Howard, de 19 anos

Quinta esposa de Henrique VIII, a Rainha Consorte da Inglaterra foi friamente assassinada após ser acusada de adultério

Pamela Malva Publicado em 10/05/2020, às 12h00

Retrato de Catherine Howard
Retrato de Catherine Howard - Divulgação

O silêncio na praça da Torre de Londres no dia 13 de Fevereiro de 1542 era ensurdecedor. Cerca de sete ou oito mil pessoas assistiam paradas, atônitas, o corpo fraco de Catherine Howard ser encaminhado ao cadafalso.

Coberta por um vestido preto de veludo, a jovem de 19 anos sabia que não receberia qualquer ato de misericórdia, seu fim estava chegando. O ar batia no rosto da multidão e a luz do sol refletia no machado do carrasco.

Um cepo de madeira esperava por Catherine, ao lado de apenas alguns membros da corte britânica. O olhar das pessoas parecia triste, não pela condenada — que tinha sido acusada de adultério —, mas pelo ato tenebroso.

Catherine subiu no cadafalso com dificuldade, estava fraca e debilitada, se ajoelhou e apenas tirou os olhos do povo quando foi vendada. De repente, com um único golpe, a cabeça da jovem mulher foi arrancada de seu corpo. A dama infiel estava morta.

Ilustração de Catherine Howard / Crédito: Divulgação

 

A sentença final

Em julho de 1540, a ambiciosa Catherine Howard tornou-se a Rainha Consorte da Inglaterra ao casar-se com Henrique VIII. Quinta esposa do monarca, a jovem amava as regalias da nobreza e seus olhos brilhavam toda vez que ela ganhava um presente.

Pessoalmente, ela não era lá muito apaixonada por seu esposo — trinta anos mais velho. O casamento passava longe de um conto de fadas, mas Catherine, prima de Ana Bolena, fazia de tudo para deixar o Rei satisfeito.

Para ela, “não havia outra vontade que não a dele”. Então, a dama planejava festas, danças e todos os tipos de entretenimento para seu rei. Um dia, no entanto, ela cometeu uma sequência de erros que a tiraram do papel de esposa perfeita.

Henrique VIII, o Rei da Inglaterra / Crédito: Wikimedia Commons

 

Os erros de uma adúltera

De forma equivocada, mas ainda estratégica, Catherine pediu que seu ex-amante Francis Dereham a servisse como seu secretário, em 1541. No mesmo ano, a Rainha Consorte começou uma relação com Thomas Culpepper, um empregado do Rei.

A relação adúltera logo foi descoberta pelo arcebispo Thomas Cranmer, novembro de 1541. O homem fiel à monarquia enviou uma carta ao Rei. No texto, ele declarava que  Catherine havia vivido uma vida desalinhada antes do casamento.

Ela foi acusada de adultério, cometido com três amantes diferentes. Inicialmente, Henrique VIII recusou-se a acreditar na traição, mas pediu que os fatos fossem investigados. Assim, a Rainha foi desmascarada.

 A jovem e adúltera Catherine / Crédito: Divulgação

 

Era o fim da linha

Após serem torturados, os três supostos amantes de Catherine testemunharam contra ela. Quando a dama foi confrontada, entretanto, ela negou todas as acusações. Contudo, nenhum argumento adiantou e a jovem acabou condenada pela infidelidade.

Em fevereiro de 1542, já privada do título da rainha, Catherine foi levada até a Torre de Londres. Lá, permaneceu em um quarto nobre até o dia de sua execução. Reza a lenda que, na noite anterior ao seu homicídio, a dama pediu para ver o cepo onde seria executada. Com o desejo concedido, a antiga Rainha, então, ensaiou sua morte.

No dia de sua sentença, Catherine foi guiada até o cadafalso. Os olhos de cada um na multidão a julgavam e esperavam por um pedido de desculpas. Segundo testemunhas, no entanto, suas últimas palavras foram: “morrerei como rainha, mas preferia morrer como esposa de Culpepper”.


+Saiba mais sobre Catherine através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

The Confession of Katherine Howard, de Suzannah Dunn (2011) - https://amzn.to/3fwMAaO

The Catherine Howard Conspiracy, de Alexandra Walsh (eBook) (2019) - https://amzn.to/2WGHjES

Six Wives: The Queens of Henry VIII, de David Starkey (2003) - https://amzn.to/2yuiEeR

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W