Notícias » Crime

Argentino atira 11 vezes em jovem que curtiu foto da namorada

O atirador foi preso na última quarta-feira, 21, quatro dias após o crime

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 22/04/2021, às 12h35 - Atualizado às 12h36

O jovem segue internado na UTI
O jovem segue internado na UTI - Divulgação/La Nación

No último sábado, 17, o tatuadorNicolás Jaime, de 22 anos foi acusado de disparar 11 tiros contra outro jovem, Damián Di Bella, de 23, após este ter curtido a foto de sua namorada. O crime ocorreu na cidade de Merlo, na Argentina, segundo informações do jornal La Nación.

Conforme repercutido pelo UOL, Damián dirigia seu carro pelas ruas da cidade quando foi surpreendido pelo atirador por volta das 22h30. Nicolás estava em uma moto e teria disparado seis vezes antes que a vítima fugisse do local e ele começasse a persegui-la.

O agressor atirou mais cinco vezes durante a perseguição, de modo que uma das balas atingiu o pescoço do jovem, que acabou perdendo o controle e batendo o veículo em uma residência.

A acusação

Enquanto recebia atendimento da equipe de ambulância, Damián conseguiu descrever as características do criminoso, explicando que se tratava do namorado de uma vizinha.

Conforme informou a polícia, o jovem baleado teria trocado mensagens com a namorada de Jaime, que pensou que ela iria se encontrar com Di Bella. O atirador fugiu, porém foi apreendido na última quarta-feira, 21.

Durante o fim de semana, Damián teve de passar por uma cirurgia para retirar a bala alojada em seu pescoço. Ele ainda segue internado na unidade de terapia intensiva (UTI).