Notícias » Mundo

Até o presidente da Argentina: as reações pela morte de Maradona

A morte do jogador Diego Maradona abalou o mundo do futebol nessa quarta-feira. Confira algumas das homenagens prestadas por Pelé, Usain Bolt e outros

Ingredi Brunato Publicado em 25/11/2020, às 16h00

Foto de Maradona durante juventude
Foto de Maradona durante juventude - Divulgação/ Twitter

Nessa quarta-feira, 25, foi divulgado o falecimento de Diego Maradona, que tinha 60 anos de idade e morreu por conta de um ataque cardíaco. Sua perda foi lamentada por diversos ícones no mundo do futebol, e até alguns fora dele, como o atleta olímpico Usain Bolt, que publicou “Descanse em paz, lenda” . 

Aqui no Brasil, Pelé comentou a notícia triste em sua conta oficial do Twitter, dizendo: “Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu.” Já Neymar postou uma foto com o ídolo, chamando-o de “lenda do futebol". 

Fotografia de Maradona e Neymar juntos / Crédito: Divulgação/Twitter

 

Já na Argentina, país de Maradona, diversas organizações e clubes futebolistas se manifestaram. Uma delas foi a Federação Argentina de Futebol, que falou em “profunda tristeza”, ao mesmo tempo que garantiu que o jogador estaria sempre em seus corações. O treinador argentino Marcelo Bielsa também compartilhou em suas redes que Diego teria inspirado ele e muitos outros a sonhar mais alto, acreditando que “poderíamos atingir o mesmo que ele.” 

O impacto da morte de Maradona foi tão grande na Argentina, inclusive, que o próprio presidente, Alberto Fernández, decretou um luto nacional de três dias. “Não posso acreditar. Estou arrasado. É a pior notícia que um torcedor argentino pode receber. Nós o amamos. Estamos tentando falar com a família. Veremos. Muita tristeza”, disse o político, segundo divulgado pelo portal mexicano “Noroeste”.