Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Tesla

Carro da Tesla pega fogo na Califórnia depois de ficar parado em ferro-velho

O carro estava danificado devido a uma colisão e ficou parado por três semanas

Redação Publicado em 22/06/2022, às 14h16

Carro da Tesla pega fogo, na Califórnia - Divulgação / Redes Sociais
Carro da Tesla pega fogo, na Califórnia - Divulgação / Redes Sociais

Na semana passada, na Califórnia, um veículo Model S branco, da Tesla, pegou fogo depois de ter ficado parado por três semanas em um ferro velho, segundo informações da polícia de Sacramento. O carro já estava bastante danificado, antes de pegar fogo, devido a uma colisão sofrida em um acidente, dias antes.

O veículo estava totalmente envolvido com o fogo quando a equipe da polícia de Sacramento chegou ao local. Depois de reduzirem  o incêndio, com muita dificuldade, ele levantava novamente por conta de uma liberação de gás no compartimento da bateria.

Os bombeiros moveram o então carro da Tesla de lado, junto com a equipe do ferro-velho, para conseguirem acessarem o compartimento, que fica abaixo do veículo.

Devido ao calor residual, para que o veículo não acendesse fogo novamente, as equipes criaram um pequeno poço, colocaram o carro dentro e encheram o buraco com água. Dessa forma, conseguiram acessar o compartimento da bateria.

Desdobramentos   

Os bombeiros conseguiram apagar o incêndio, com o poço, e a equipe conseguiu reduzir a quantidade total de água necessária para a operação, que foi estimada em 4.500 galões, além de também limitarem o escoamento de água contaminada. Nenhum ferido foi contabilizado, segundo o G1.

A Tesla é uma das empresas do bilionário Elon Musk e está na lista de marcas mais caras do mundo.  No ramo automotivo, a Tesla é uma das pioneiras quando falamos de veículos inteligentes. Seus modelos mais novos incluem carros que entendem comando de voz e até mesmo dirigem sozinhos.

Carro destruído em ferro-velho - Foto: Divulgação / Redes Sociais / @metrofireofsacramento