Notícias » Estados Unidos

Caso raro: nos EUA, mulher dá à luz trigêmeas univitelinas

Nas famílias de Gabriela Mosquera e de seu marido, Mark Bodrog, os nascimentos múltiplos são comuns; contudo o casal não esperava o ocorrido

Giovanna Gomes, sob supervisão de Penélope Coelho Publicado em 05/08/2021, às 08h14

As trigêmias em fotografia
As trigêmias em fotografia - Divulgação/Youtube/6ABC Philadelphia

Nos últimos dias, a rede de televisão norte-americana WPVI noticiou um caso raro de trigêmias univitelinas, nascidas em um hospital do estado da Pensilvânia. "Elas são do mesmo óvulo, compartilhando a mesma placenta com três sacos amnióticos separados", disse o pai das meninas Mark Bodrog.

Segundo o UOL, ambos os pais vêm de famílias com ocorrências de gravidezes múltiplas e, mesmo assim, os médicos consideraram o caso incomum, tão raro que há poucos estudos sobre o tema. As estimativas sobre a chance de ter trigêmeos idênticos variam: pode ser de uma em 60 mil ou, mesmo, de uma em 200 milhões de gestações.

Na grande maioria das vezes, os bebês surgem de três óvulos diferentes e desenvolvem características únicas, sendo que os irmãos podem ter até mesmo sexos diferentes. 

Bodrog afirmou que a equipe médica ficou muito feliz em cuidar da gravidez de sua esposa, Gabriela Mosquera. "'Queremos cuidar desta gravidez. É tão rara. Altamente arriscada'", lembrou o pai de Anastasia, Olivia e Nadia, que nasceram saudáveis no dia 8 de julho.

Segundo o UOL, o hospital que realizou o parto ofereceu acompanhamento das irmãs, para que as equipes médicas possam realizar pesquisas sobre o caso.