Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Centenas de corpos são encontrados em fábrica de Mariupol

Bombardeio deixou local com um amontoado de cadáveres

Alan de Oliveira | @baco.deoli | sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 27/05/2022, às 12h26

Carro de evacuação saindo de Mariupol - Getty Images
Carro de evacuação saindo de Mariupol - Getty Images

Em informações trazidas por um conselheiro da Prefeitura de Mariupol, na manhã desta sexta-feira, 27,  ao menos 70 corpos foram encontrados em fábrica antiga da cidade. O acesso diz que todos ficaram amontoados sob escombros no mesmo local, após um forte bombardeio das forças militares russas.

As pessoas permaneceram nos escombros do prédio após o bombardeio. Os corpos foram fechados em sacos plásticos e serão enterrados em uma vala comum no vilarejo de Stary Krym", ressaltou.

Por volta da madrugada de segunda-feira, 23, foram contabilizados 200 corpos por baixo de um prédio caído na mesma cidade. O conselheiro ainda afirmou que vários cadáveres foram estraçalhados pelo exército inimigo, escondidos em um necrotério improvisado.

Morte precoce

O conselheiro também ficou emocionado ao falar de um menino de 12 anos, que morreu brutalmente devido à guerra; ele estava muito próximo de local que recebeu um projétil, morrendo na mesma hora, de acordo com informações do portal UOL. O artefato foi lançado na região de Kalmiusky, também em Mariupol.