Notícias » Estados Unidos

Conta do Twitter do Comando Estratégico do Exército dos Estados Unidos faz publicação curiosa

O ‘código misterioso’ levantou suspeita, contudo, o motivo por trás do post é bem mais simples e engraçado. Confira!

Penélope Coelho Publicado em 31/03/2021, às 10h18

Tweet publicado na página do Comando Estratégico do Exército dos Estados Unidos
Tweet publicado na página do Comando Estratégico do Exército dos Estados Unidos - Divulgação/Twitter

De acordo com informações publicadas nesta quarta-feira, 31, pelo portal de notícias G1, no último domingo, 28, a conta do Twitter do Comando Estratégico do Exército dos Estados Unidos — divisão encarregada pelo controle militar de todo o arsenal nuclear do país — fez uma publicação, no mínimo, curiosa.

O tweet continha a seguinte mensagem “";l;;gmlxzssaw”. Na ocasião, o post chamou a atenção e levantou algumas hipóteses, entre elas, a de que o perfil havia sido hackeado, ou, até mesmo a divulgação de um possível código nuclear.

Tweet misterioso na página do Comando Estratégico do Exército dos Estados Unidos / Crédito: Divulgação/Twitter

 

Logo em seguida, a publicação foi apagada, gerando maiores suspeitas. Contudo, a explicação é bem mais simples do que parece.

Segundo revelado na reportagem, um dos responsáveis pelo Comando Estratégico (Stratcom) informou ao jornal norte-americano Daily Dot, que a publicação havia sido feita por uma criança. No caso, o filho de um funcionário responsável por gerenciar as redes sociais da divisão. Na ocasião, por conta da pandemia do novo coronavírus, o funcionário estrava trabalhando de casa.

“O responsável da conta do Twitter do comando militar, que estava trabalhando de casa, deixou a conta do Twitter do Comando aberta e sem vigilância por alguns momentos. Seu filho pequeno aproveitou a situação e brincou com o teclado e, infelizmente e sem perceber, publicou o tweet", revelou o porta-voz da Stratcom.

O porta-voz ainda pontuou que nada de errado aconteceu com a conta do Comando Estratégico, reiterando que eles não foram hackeados.