Notícias » Filipinas

Embaixadora filipina que agrediu empregada doméstica no Brasil é demitida

Marichu Mauro foi denunciada no ano passado por ter, ao longo de vários meses, agredido uma mulher que trabalhava na residência oficial em Brasília

Giovanna Gomes Publicado em 02/03/2021, às 09h21

Marichu não poderá mais atuar como diplomata
Marichu não poderá mais atuar como diplomata - Divulgação/TV Globo

A embaixadora filipina Marichu Mauro, que foi denunciada no ano passado por ter agredido uma empregada doméstica de mesma nacionalidade ao longo de meses, foi impossibilitada de seguir em sua profissão. Segundo o UOL, a demissão da mulher foi confirmada no último domingo, 1.

Segundo o presidente Rodrigo Duterte, que anunciou a medida em pronunciamento, "há regras a seguir. Se você desobedece, assume um risco. Se as coisas não vão bem, não te perdoarei".

O crime ocorrido na sede do consulado em Brasília foi registrado por câmeras de segurança ao longo dos meses de março e outubro de 2020. Após ampla divulgação do caso por parte da imprensa, Mauro teve de ir a Manila, capital das Filipinas para responder pelo caso.

Agora a diplomata, além de não poder mais ter acesso a pensão, não poderá voltar a atuar em cargos públicos.