Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Daniella Perez

Guilherme de Pádua critica série sobre assassinato de Daniella Perez: “Totalmente parcial”

Condenado pela morte da atriz, Guilherme, que hoje é pastor, ainda disse que trará novidades sobre o caso

Fabio Previdelli Publicado em 25/07/2022, às 11h37

Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez - Divulgação/ Arquivo Pessoal
Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez - Divulgação/ Arquivo Pessoal

Recém-lançada pela HBO Max, a série documental ‘Pacto Brutal’ narra o assassinato da atriz Daniella Perez. Filha da escritora Glória Perez, Daniella foi morta em 1992 pelo seu colega de novela Guilherme de Pádua, ex-ator e agora pastor batista

A produção, que vem chocando os espectadores, não agradou nenhum pouco Guilherme. Em seu perfil privado nas redes sociais, ele criticou o fato da produção ser “totalmente parcial”. 

"Não vou me fazer de vítima, mas não é nada agradável [essa situação]", disse, segundo repercutido pela Ilustrada, da Folha. "Já passei noites tentando consertar, mas não tem como consertar o passado."

Você vai assistir a uma série totalmente parcial. Um trabalho jornalístico pretende trazer todas as provas, apresentar as evidências", prossegue. "E a HBO tinha condições de fazer uma coisa bastante completa e dar a nós, espectadores, o direito de fazermos a nossa própria análise. A HBO perdeu essa oportunidade."

A produção é dividida em cinco episódios e, até o momento, apenas dois estão disponíveis. Neles são apresentados a história da morte de Daniella e as investigações que apontaram Guilherme como responsável pelo crime. De Pádua, porém, rechaçou algumas teorias. 

"Eu consigo quebrar de forma devastadora algumas das teses que estão sendo apresentadas. A HBO, tão famosa, tão profissional, deu uma bobeira dessas, deixou essa lacuna”, disse. 

Por fim, Guilherme de Pádua ainda prometeu trazer novidades sobre o caso, se exatamente dizer o quê. "Pode aguardar. Se eu trouxer alguma coisa de novidade, eu vou dar a você a oportunidade de tirar as suas conclusões".

Pacto Brutal

Dirigido por Tatiana Issa e Guto Barra, ‘Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez’ promete “novos fatos revelados em depoimentos inéditos” sobre a morte da atriz Daniella Perez. A produção também conta com entrevista emocionante de Glória Perez, mãe da atriz e roteirista de novelas, e de diversas outras pessoas envolvidas com ela, como Raul Gazolla, noivo de Daniella

Eu sempre quis contar essa história da forma como ela aconteceu”, diz Glória no trailer. 

“Em 1992, eu estava fazendo minha primeira novela solo, às 21h, tinha voltado para a Globo. A Dani estava bem na carreira. A vida parecia uma estrada linda, aberta. A gente só via coisas boas no horizonte. Mas, de repente, tudo isso explodiu. Foi sugado. A verdade é uma só, as versões são muitas”, completa.

Dividida em cinco episódios, a produção estreou seus dois primeiros episódios hoje, 21, e já pode ser assistida com exclusividade no HBO Max. 

O assassinato de Daniella Perez

Um dos crimes mais brutais conhecidos no Brasil aconteceu em 28 de dezembro de 1992: o assassinato da atriz e dançarina Daniella Perez, filha da autora de telenovelas Glória Perez

Na ocasião, Daniella, que tinha 22 anos, foi morta por seu companheiro de novela, Guilherme de Pádua. O ator contou com a ajuda de sua esposa, Paula Nogueira Thomaz, para por fim à vida da parceira de cena, protagonizando um dos crimes que escandalizou o país e abalou a TV brasileira.

+Leia a história completa sobre o assassinato de Daniella Perez aqui!


++O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir!