Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Gypsy Rose

Gypsy Rose revela abuso cometido por outro familiar

Em entrevista para novo documentário, Gypsy Rose revelou que sofreu abuso de outro familiar; jovem foi solta após matar a mãe

Redação Publicado em 04/01/2024, às 12h53

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Gypsy Rose ao lado da mãe (à esqu.) e em entrevista (à dir.) - Arquivo pessoal e reprodução/Vídeo
Gypsy Rose ao lado da mãe (à esqu.) e em entrevista (à dir.) - Arquivo pessoal e reprodução/Vídeo

Gypsy Rose se tornou assunto mundial após sair da prisão. Em 2016, ela foi condenada a 10 anos de prisão por orquestrar a morte de sua mãe, Dee Dee Blanchard, ao lado do então namorado, Nicholas Godejohn. No entanto, foram os motivos que levaram o crime que chocaram o mundo: a jovem sofria abusos por parte da matriarca. 

Gypsy acreditava que tinha doenças como leucemia, distrofia muscular, problemas de visão, asma severa, epilepsia e apneia do sono, repercute o site Hollywood Forever TV. Mas, descobriu que, na verdade, tudo configurava uma grande mentira de Dee Dee, que vivia com a Síndrome de Münchhausen. 

O abuso

Após deixar o presídio mais cedo, Rose anunciou uma biografia que detalha o seu lado da história. Ela também vai lançar 'The Prison Confessions of Gypsy Rose Blanchard', um documentário, através do Lifetime. 

Na produção, Rose revela que foi molestada durante sua infância pelo avô, Claude Pitre, repercute a People. 

"Cheguei a um ponto em que posso ficar de pé e dizer, isso aconteceu comigo e não vou deixar isso me afetar mais", afirmou ela ao veículo. “E é por isso que estou falando sobre isso agora. E acho que, para mim, divulgar o que aconteceu pode impedi-lo de fazer o mesmo com outro membro da família, outra criança ou outra pessoa, porque ele ainda está vivo".

No documentário, Pietre, no entanto, justificou a acusação da neta de maneira estranha.  "Era ela quem estava tentando me tocar, e eu dizia 'não, não faça isso'", disse ele na produção. "Ela começou a fazer isso quando tinha cerca de 4 anos".

A jovem também afirmou ao veículo internacional que só teve forças para revelar o abuso a mãe quando tinha 19 anos. Gyspy disse que a mãe confessou ter passado pelo mesmo abuso.

"Eu contei a ela tudo o que aconteceu, e ela me contou que ele também havia feito o mesmo com quando ela era criança", diz Gypsy. "Foi difícil para nós duas aceitarmos que ambos tínhamos sido abusados ​​pela mesma pessoa. E acho que isso me faz pensar o que mais, que outro tipo de abuso ela sofreu e que eu não conheço?"

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!