Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Noruega

Homem preso na Noruega tinha endereços de membros da monarquia

Há cerca de dois anos, o americano de 40 anos havia sido expulso do país, acusado de perseguir membros da família real norueguesa

Redação Publicado em 17/01/2024, às 17h32 - Atualizado às 17h57

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A princesa Ingrid Alexandra da Noruega - Reprodução/Instagram/princess.ingrid.alexandra
A princesa Ingrid Alexandra da Noruega - Reprodução/Instagram/princess.ingrid.alexandra

Um dia após desembarcar na Noruega, um americano de 40 anos foi preso por ameaçar a segurança da família real. Antes de ser detido, ele recebeu 17 malas carregadas de armas de fogo, cujo peso total chegava aos 250 quilos, além de um caderno com nomes e endereços de membros da monarquia norueguesa. 

O americano, que se declarou culpado, foi acusado de violar a Lei Norueguesa de Armas, cujo artigo 190 determina que qualquer pessoa que queira entra no país com armamentos deve solicitar uma licença com antecedência. “Ele reconhece ter violado a lei e quer encerrar o caso”, afirmou Jørund Lægland, o advogado de defesa do norte-americano, segundo o canal TV 2.

Conforme repercutido pelo jornal O Globo, o criminoso, que não teve seu nome revelado, disse que planejava passar um tempo no país, aonde se dedicaria a atividades agrícolas. Ele também explicou que pretendia obter a autorização para suas armas depois que entrasse na Noruega, pois, estavam sem munição. 

Em relação ao caderno com os dados pessoais da família real norueguesa, ele alegou que pretende se casar com a princesa Ingrid Alexandra, a segunda na linha de sucessão do país e neta dos reis Harald e Sónia da Noruega.

A ligação do detido à Noruega e o propósito da sua estadia parecem ser, entre outras coisas, uma preocupação particular para a família real norueguesa e especialmente para a princesa Ingrid Alexandra, com quem planeja casar, de acordo com o seu comunicado”, comunicou o Tribunal Distrital de Romerike e Glåmdal.

Perseguição

Esta não é a primeira vez que ele se envolve com a polícia norueguesa ou a guarda real. Em agosto de 2021, o americano foi expulso do país após ter invadido o Palácio Real, onde vivem os atuais reis, e Skaugum, a moradia oficial do príncipe herdeiro Haakon da Noruega e da princesa Mette-Marit, sua esposa. Para fugir eventuais processos penais, ele mesmo requisitou a sua deportação imediata.

Ingrid destaca-se como uma das herdeiras europeias mais reservadas e independentes. A princesa, de 20 anos, atraiu a atenção da mídia em outubro do ano passado ao deixar o palácio de seus pais para viver sozinha em um apartamento na coração da capital Oslo. 

Além disso, ela começou a trabalhar como assistente escolar e defensora ambiental em uma escola que frequentou. Ainda neste ano, ela realizará seu treinamento militar em Camp Skjold, seguindo os passos de seu pai e avô, ambos comandantes das Forças Armadas.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!