Notícias » Ciência

Homem tem mão reimplantada após preservá-la com gelo

O paciente declarou ter apendido o procedimento com séries de TV

Giovanna Gomes Publicado em 31/10/2020, às 09h02

O homem teve a mão reimplantada
O homem teve a mão reimplantada - Divulgação/Hospital Santo Antônio

Um homem teve sua mão esquerda decepada em um briga na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, no dia 16 de outubro. Porém, ele não se desesperou, pois havia aprendido com as séries médicas que assistia que era possível reimplantar o membro caso ele fosse preservado. Assim, elo sujeito colocou a mão cortada em uma sacola com gelo e a levou para o hospital.

"Sempre gostei de ver séries sobre hospitais e quando ocorreu o crime, tive muita cautela e não entrei em desespero. Literalmente posso dizer que eu salvei meu próprio membro para fazer o reimplante, pois quando todos da minha família estavam desesperados, eu consegui ter discernimento para colocar em uma sacola e depois no gelo", declarou o homem de 40 anos que não quis se identificar.

De acordo com a informação dada pelo Hospital Santo Antônio, a equipe médica teve de recuperar ossos, 3 nervos, 2 artérias, 5 veias e 24 tendões. A cirurgia durou seis horas e teve início cerca de duas horas após o paciente ter tido sua mão decepada.

Em entrevista ao UOL, o médico Gustavo Schweigert, que participou do procedimento, afirmou que "o pronto atendimento e os cuidados tomados pelo próprio paciente com o membro dele foram determinantes para o sucesso do reimplante. Ele teve alta dia 21 de outubro e a evolução da cirurgia está se mostrando favorável".

Ele ainda declarou: "Esperamos que ele tenha a recuperação funcional da mão muito satisfatória, com o retorno dos movimentos praticamente que normais. O punho provavelmente deverá ter alguma limitação e a sensibilidade está condicionada à condição neurológica do membro".