Notícias » Arqueologia

Na Grécia, duas estátuas decapitadas são encontradas em antigo cemitério

Os artefatos do século 4 revelam uma representação peculiar e são repletos de detalhes minuciosos

Alana Sousa Publicado em 28/01/2021, às 11h30

Imagem das estátuas sem cabeça encontradas na Grécia
Imagem das estátuas sem cabeça encontradas na Grécia - Divulgação/Ministério da Cultura e Esportes da Grécia

Na cidade de Paiania, próximo a Atenas, na Grécia, pesquisadores encontraram duas estátuas sem cabeça: ricas em detalhes e feitas de mármore, as relíquias mostram duas mulheres. A informação foi divulgada pelo Ministério da Cultura e Esportes da Grécia, no último domingo, 24.

Uma das esculturas mostra uma mulher morta, aponta os arqueólogos. Sentada em um banco ornamentado, a figura descansa as pernas em um suporte na parte inferior do item, vestindo uma túnica transparente. A outra estátua representa sua terapeuta; ela apoia a cabeça em sua mão esquerda. Segundo uma declaração publicada pela equipe do Ministério da Cultura, o cenário do templo-monumento “é típico dos relevos das tumbas do século 4”.

Arqueólogo desenterrando uma das estátuas / Crédito: Divulgação/Ministério da Cultura e Esportes da Grécia

 

“A representação das figuras no túmulo de Paiania quase com força total impressiona e data o monumento do período antes de Dimitrios Falireas proibir por lei (317 a.C.) a construção de luxuosos monumentos fúnebres”, explica parte do comunicado.

Os artefatos remontam ao século 4  e foram encontrados em um antigo cemitério no local onde agora será construída a nova Câmara Municipal de Paiania. No entanto, antes de dar continuidade às obras, a região passará por outras análises arqueológicas, a esperança é que mais vestígios do passado sejam desenterrados.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.