Notícias » Arqueologia

Parte de navio de guerra histórico é encontrada na China

Arqueólogos confirmaram que a placa de ferro pertencia a um renomado navio que participou da Primeira Guerra Sino-Japonesa

Isabela Barreiros Publicado em 21/09/2020, às 14h43

Placa de ferro de 18 toneladas do navio de guerra Dingyuan
Placa de ferro de 18 toneladas do navio de guerra Dingyuan - Divulgação/Xinhua

No último sábado, 19, pesquisadores retiraram um enorme pedaço da história chinesa do oceano. Literalmente: uma placa de ferro de 18 toneladas foi tirada das águas que banham a província de Shandong, localizada ao leste da China

Arqueólogos confirmaram que se ela fazia parte de um importante navio que era utilizado ao longo da Dinastia Qing, que perdurou entre os anos de 1644 e 1911. Acredita-se que a embarcação em questão tenha sido um barco de guerra que participou da Primeira Guerra Sino-Japonesa, entre 1894 e 1895.

O fragmento analisado, pertencente ao antigo Dingyuan, uma nau capitânia de guerra da Frota Beiyang, tem 2,86 metros de comprimento, 2,6 metros de largura e 33 centímetros de espessura. 

Segundo o líder do equipe de pesquisa arqueológica subaquática, Zhou Chunshui, o barco foi construído na Alemanha e tinha um deslocamento de 7.670 toneladas. Durante o conflito entre o Japão e a China, o navio foi danificado pela frota japonesa e seu capitão ordenou que ele fosse afundado, para que não ficasse com o inimigo.