Notícias » Personagem

Rascunho de obra de Martin Luther King está à venda

Nos manuscritos, o ativista escreve sobre o significado de Rosa Parks ter se recusado a ceder seu assento de ônibus a uma pessoa branca em 1955

Isabela Barreiros Publicado em 18/01/2022, às 10h10

Martin Luther King Jr. e o rascunho à venda
Martin Luther King Jr. e o rascunho à venda - Nobel Foundation via Wikimedia Commons / Divulgação/Moments in Time

Os manuscritos do livro "Stride Toward Freedom: The Montgomery Story", publicado pela primeira vez em 1958 por Martin Luther King Jr., estão sendo vendidos pelo site Moments in Time.

É possível adquirir os rascunhos da importante obra dos direitos civis pelo valor de US$ 225.000, equivalente a R$ 1,2 milhão segundo a cotação atual, como reportou o site estadunidense TMZ.

As páginas faziam parte de uma coleção particular, mas agora podem ser comprados por meio do portal, que destaca o fato que o texto é do capítulo 3 do livro, em que o ativista reflete sobre quando o movimento dos direitos civis emergiu nos Estados Unidos.

No rascunho, MLK escreve sobre o significado de Rosa Parks não ter cedido o seu assento no ônibus a uma pessoa branca em Montgomery, no Alabama, em 1955, além do próprio boicote estabelecido por pessoas negras aos ônibus.

"Depois de uma série de telefonemas... eles concordaram que os negros deveriam boicotar os ônibus", narra Martin em um trecho do manuscrito, em que fala sobre o primeiro protesto em grande escala contra a segregação racial.