Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Marte

Rover da NASA é danificado por forte tempestade em Marte

O Robô responsável por explorar Marte foi atingido por uma forte tempestade de areia ou seixos de rochas

Luisa Alves, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 04/07/2022, às 15h22

Rover Perseverance em missão em Marte - Divulgação/NASA
Rover Perseverance em missão em Marte - Divulgação/NASA

Uma forte rajada de vento composta por grãos de areia ou seixos de rochas atingiu Perseverance, rover que está explorando Marte desde fevereiro de 2021. A tempestade de areia danificou seu instrumento responsável, justamente, pela medição da velocidade e direção dos ventos. 

Perseverance está localizado na cratera de Jezero, aonde segundo o Science Advances, chegou a registrar ventos com velocidade superiores a 50Km/h. O rover chega a enfrentar pelo menos quatro redemoinhos de poeira em dias "comuns".

A NASA divulgou em junho, que o rover enfrenta os ventos mais intensos já registrados em Marte. As fortes rajadas de vento no planeta variam entre 16 Km/h a 32 Km/h, já que a sua atmosfera é mais fina se comparada a da Terra. 

A cratera de Jezero está em uma "trilha de tempestade de poeira" que corre do norte ao sul do planeta, além de apresentar uma maior rugosidade que facilita o levantamento de poeira pelo vento, segundo o GizModo Brasil. 

Instrumento meterológico danificado

Segundo o site Space, o MEDA (“Mars Environmental Dynamics Analyzer”, "Analisador de dinâmica Ambiental de Marte", em tradução livre), teve um de seus sensores responsável por medir a umidade, radiação e temperatura do ar na superfície do planeta, danificado.

Divulgação/NASA

Como apontado pelo site, esse sensor não foi completamente comprometido, tendo apenas sua sensibilidade reduzida. Por ficar vulnerável, esse instrumento é revestido por uma proteção adicional, já que deve ficar exposto para medir o vento corretamente.