Notícias » Afeganistão

Talibã deseja enviar porta-voz para falar na Assembleia Geral da ONU

O grupo extremista expressou sua vontade através de uma carta enviada para a organização internacional

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 22/09/2021, às 16h00

Combatentes do Talibã no palácio presidencial em Cabul
Combatentes do Talibã no palácio presidencial em Cabul - Divulgação/ YouTube/ Al Jazeera

As autoridades do Talibã, grupo fundamentalista islâmico que tomou o poder do Afeganistão no mês passado, enviaram uma carta à ONU em que pediram pela oportunidade de discursar durante a 76ª Assembleia Anual das Nações Unidas, que está ocorrendo no decorrer desta semana. 

Segundo divulgado pela France Presse e repercutido pelo G1 na última terça-feira, 21, os talibãs alegaram que Ghulam Isaczai, que fora o representante do país durante o governo anterior, havia sido deposto, e o novo porta-voz afegão era Suhail Shaheen. 

Conforme revelou a ONU, entretanto, Isaczai também enviou uma carta pedindo para falar durante o evento anual. 

Após consultas com o gabinete do presidente da Assembleia Geral, a secretaria enviou as duas cartas aos membros do comitê de credenciais da 76ª sessão da Assembleia Geral", informou o representante da organização internacional. 

O comitê em questão é formado por 9 nações, ainda de acordo com o G1. São elas: Estados Unidos, Rússia, China, África do Sul, Chile, Serra Leoa, Bahamas e Butão.