Matérias » Curiosidades

Frane Selak, o homem que escapou de tragédias e ainda ganhou na loteria

Selak conta uma narrativa polêmica na qual a sorte o livrou de grandes apuros e o proporcionou revira-voltas fenomenais

Vanessa Centamori Publicado em 08/07/2020, às 10h56

Frane Selak
Frane Selak - Divulgação/Oddee

Para Frane Selak existe duas maneiras de olhar as suas experiências. "Eu era o homem mais azarado do mundo ou o mais sortudo. Preferi acreditar no último", disse ele, segundo o livro de histórias bem-humoradas, Uncle John’s Slightly Irregular Bathroom Reader (vários autores, 2004). 

Acontece que o professor de música croata diz que passou por grandes tribulações, mas argumenta que saiu vivo de todas as sete ocasiões difíceis — e ainda ganhou na loteria depois disso tudo. Sua sorte é surpreendente, embora ele tenha vivido grandes desventuras, sem grandes provas. 

Os primeiros trevos de quatro folhas

A primeira sorte que o destino propôs a Selak começou em janeiro de 1962, quando ele estava viajando de trem de Sarajevo, Bósnia, à Dubrovnik, na Croácia. Os trilhos descarrilharam, colocando o homem em uma situação apavorante: ele viu 17 passageiros caírem dentro de um rio congelado. 

O croata, no entanto, parecia ser dono de um amuleto de sorte inesgotável. Em vez de congelar até a morte, escapou somente com um braço quebrado. Todavia, esse foi apenas o primeiro apuro do qual ele escapou. 

O próximo ocorreu no ano seguinte, em 1963. O homem ficou sabendo que sua mãe estava doente. Então, quis embarcar em um voo doméstico entre duas cidades da Croácia, Zagreb e Rijeka. 

O croata que se autotintitula o homem mais sortudo do mundo /Crédito: Divulgação/Oddee

 

O primeiro voo estava lotado, porém, sortudo como era, Selak disse ter conseguido convencer a companhia aérea, que liberou uma brecha. Conseguiu então sentar na parte traseira do avião com a comissária de bordo.

No entanto, pouco antes do pouso do avião, a porta se abriu, levando a moça, assim como outros 19 passageiros, para a morte. Mas, conforme Selak descreveu ao The Telegraph, ele teria sobrevivido após aterrissar em um palheiro que amorteceu sua queda.

Um verdadeiro milagre, que a sorte suspostamente o proporcionou. E um novo acontecimento milagroso se repetiu também em 1966, quando ele viajava em um ônibus. 

Segundo o croata, o veículo bateu e afundou em um  rio. Quatro pessoas morreram, porém Selak sofreu apenas alguns cortes e contusões, conseguindo alcançar a margem após o incidente. 

Mais golpes de sorte 

Os próximos acontecimentos inacreditáveis teriam ocorrido em 1970 e 1973, quando o professor de música passou por dois acidentes automobilísticos. No primeiro deles, o carro pegou fogo e só explodiu quando o croata saiu do veículo. Já no outro, o motor também entrou em chamas, mas o sortudo só se queimou um pouco, e sobreviveu. 

Passaram-se então 22 anos sem nenhum acidente. Até que o sossego terminou em 1995, quando Selak disse que foi atropelado por um ônibus enquanto caminhava nas ruas de da capital croata Zagreb. Já era seu sexto infortúnio, mas, mais uma vez, a sorte tinha sido sua melhor amiga. 

No ano seguinte, uma última tragédia ocorreu. Um belo dia, ele dirigia em uma região montanhosa da Croácia quando um caminhão desgovernado fez com que seu carro descesse por um penhasco. O homem escapou ao se agarrar em uma árvore e ainda assistiu enquanto seu veículo caía e explodia 90 metros abaixo dele. 

Imagem ilustrativa de trevo de quatro folhas/ Crédito:Pixabay

 

Riqueza e questionamentos 

Após ter dito que saiu quase ileso de tantas situações com potencial fatal, em 2003 Frane Selak afirmou que ganhou um milhão de dólares na loteria. Sua história fantástica, no entanto, ainda gera muitas dúvidas. Embora ele tenha dado entrevistas à veículos internacionais renomados, há algumas inconsistências em suas narrativas. 

Por exemplo, faltam registros oficiais documentando um acidente fatal de avião croata em 1963 ou um acidente de trem no ano anterior. Além disso, entrevistas dadas ao The Telegraph em anos diferentes (2003 e depois em 2010) mostram que Selak contou dois relatos discrepantes. 

No primeiro deles, ele dizia que jogava na loteria por muitos anos, até que finalmente venceu o prêmio. Já no segundo, ele teria ganhado sua fortuna já na primeira vez que jogou. O ano da vitória também se alterou muitas vezes. 

Todavia, se a história for legítima, ela é realmente surpreendente. Com seu suposto dinheiro, o croata espera agora quer viver sem mais nenhum tormento. "Só sei que não haverá mais acidentes", contou ele, segundo o site All That is Interesting. “Vou aproveitar minha vida agora. Sinto como se tivesse renascido. Deus tem me vigiado todos esses anos. O diabo passou a atormentar outra pessoa".


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

Guia Prático Das Loterias Do Brasil, de Edson Oliveira Dos Santos e Edson Oliveira (2019) - https://amzn.to/2BfidFW

O garoto da loteria, de Michael Byrne (2017) - https://amzn.to/2ADyswO

Direito das loterias: Conceitos e aspectos jurídicos, de Roberto Brasil Fernandes (2019) - https://amzn.to/2YDNScj

Os Segredos Das Loterias, de Fernando Moreira (2019) - https://amzn.to/2UJZEks

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W