Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: a fim de evitar maior disseminação da doença, Rússia fecha Túmulo de Lenin

A medida de contenção também será aplicada em outros pontos turísticos do país, como o famoso Teatro Bolshoi

Pamela Malva Publicado em 19/03/2020, às 08h00

Fachada do Túmulo de Lenin, em Moscou, na Rússia
Fachada do Túmulo de Lenin, em Moscou, na Rússia - Wikimedia Commons

Na tentativa de evitar a propagação do novo Coronavírus, o governo russo decidiu por fechar diversos pontos turísticos do país por tempo indeterminado. O túmulo de Lenin foi um dos monumentos restritos e teve as visitações encerradas nesta quarta-feira, 18.

Segundo a Guarda Federal da Rússia, a tumba deve passar por uma manutenção enquanto permanece fechada ao público. No túmulo, era possível visitar o corpo embalsamado de Vladimir Lenin, o líder bolchevique.

Ainda na Praça Vermelha, em Moscou, a Necrópole da Muralha do Kremlin também será fechada, de acordo com a Guarda, que cuida da segurança de ambos os pontos turísticos. Na necrópole, corpos de soviéticos como Josef Stalin foram enterrados. 

A medida de contenção admitida pelo Estado russo ainda irá abranger museus e teatros — como o renomado Bolshoi. A precaução se faz necessária frente aos 147 casos confirmados de Coronavírus no país — mesmo que nenhuma morte tenha sido registrada. 


++ AH - Conheça os 10 monarcas mais insanos da história !