Coronavírus » Pandemia

Uso de máscara PFF2 ou N95 passa a ser obrigatório no Ceará

A medida vale para estabelecimentos como supermercados, farmácia e escolas

Penélope Coelho Publicado em 24/01/2022, às 12h36

Fotografia meramente ilustrativa de máscara
Fotografia meramente ilustrativa de máscara - Divulgação/Pixabay/ Alexandra_Koch

A partir desta segunda-feira, 24, passa a ser obrigatório em estabelecimentos do Ceará o uso de máscaras de proteção contra Covid-19 do tipo N95, PFF2, ou, similares.

Com a nova regra, trabalhadores da área da saúde, de farmácias, supermercados, escolas e profissionais em contato direto com o público, devem usar somente esse tipo de máscara. Ou seja, não poderão utilizar o acessório de pano ou cirúrgico nesses ambientes.

De acordo com informações publicadas pelo portal de notícias g1, o decreto estadual visa conter novos casos de Covid-19, em decorrência do alto nível de transmissão da nova variante ômicron.

As máscaras N59 e PFF2 apresentam um grau de proteção maior contra o vírus, como comprovado por autoridades sanitárias dos Estados Unidos. Segundo estudos, com o uso desse tipo de máscara, o risco de contágio é de 0,1%. Se a pessoa estiver vacinada, o índice é ainda menor.

A população cearense vem reclamando da escassez do produto no mercado. Acredita-se que nos casos de grandes empresas, o acessório seja financiado pelos empregadores.