Coronavírus » Crimes

Coronavírus: vacinas falsas são investigadas no Rio de Janeiro

O comércio irregular dos medicamentos foi denunciado para a Anvisa, que, por sua vez, acionou a Polícia Federal

Pamela Malva Publicado em 08/10/2020, às 16h00

Imagem meramente ilustrativa de seringas hospitalares
Imagem meramente ilustrativa de seringas hospitalares - Divulgação/Pixabay

Por enquanto, todas as vacinas contra o Coronavírus ainda estão em desenvolvimento. Mesmo assim, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu uma denúncia sobre o comércio irregular do suposto medicamento em Niterói, no Rio de Janeiro.

Segundo noticiado pelo UOL, trata-se de uma empresa hospitalar que estaria vendendo as vacinas falsas para seus pacientes. Tal denúncia foi encaminhada para a Polícia Federal, que já cumpriu mandados de busca e apreensão para investigar o caso.

Inicialmente, as apurações mostraram que a empresa não tem qualquer autorização para produzir ou vender as vacinas. Ainda mais, a entidade investigada também não tem ligações com autoridades que estejam desenvolvendo o medicamento.

A partir das primeiras investigações, então, a polícia suspeita que a empresa tenha se aproveitado da pandemia para anunciar um produto inexistente. Agora, todas as condutas da marca serão analisadas e o caso da suposta fraude será investigado.