Notícias » Política

Acordo entre Armênia, Azerbaijão e Rússia pode encerrar conflito militar em Nagorno-Karabakh

O primeiro-ministro da armênia anunciou um acordo entre os três países nesta terça-feira, 10, que poderá solucionar o conflito

Giovanna Gomes Publicado em 10/11/2020, às 11h06

Soldados em Nagorno-Karabakh
Soldados em Nagorno-Karabakh - Getty Images

Nesta terça-feira, 10, o primeiro-ministro armênio Nikol Pashinyan anunciou em suas redes sociais um acordo entre a Armênia, o Azerbaijão e a Rússia. A decisão tem como objetivo solucionar o conflito existente na região de Nagorno-Karabakh, que há mais de um mês vem causando mortes.

A afirmação foi confirmada pelo Kremlin e também pelo presidente do Azerbaijão Ilham Aliyev. Segundo declarou em uma reunião online com o presidente russoVladimir Putin, "a assinatura do documento trilateral será um ponto crucial na resolução do conflito".

Além dele, o líder da região de Nagorno Karabakh, Arayik Harutyunyan, se manifestou publicamente dizendo que o pacto seria necessário "para encerrar a guerra assim que possível".

Havia o temor de que a guerra tomasse maiores proporções com a Turquia apoiando o Azerbaijão e com a Rússia em defesa da Armênia, já que possuem um pacto de defesa. O anúncio do acordo vem como uma esperança para as pessoas que vivem na região, a qual vem sofrendo com a violência nas últimas seis semanas.