Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Entretenimento

Ator de The Office é preso nos EUA após dirigir embriagado

Ator falhou em diversos testes de sobriedade feitos pela polícia

Isabelly de Lima, sob supervisão de Wallacy Ferrari Publicado em 16/06/2022, às 14h42

David Koechner como Todd Parker, em The Office - Divulgação / NBC
David Koechner como Todd Parker, em The Office - Divulgação / NBC

Recentemente, o ator e comedianteDavid Koechner, que ficou mais conhecido ao interpretar o personagem inconveniente Todd Parker, em "The Office" (2005-2013), foi preso nos Estados Unidos depois de ser pego dirigindo alcoolizado pela segunda vez em 5 meses.

Segundo a revista Entertainment Weekly, via Uol, um registro da polícia de Lawrence County, em Ohio, informou que Koechner foi parado na madrugada do dia 4 de junho e foi levado sob custódia até o departamento. Os oficiais constaram que o ator “operava o veículo em estado debilitado sob influência de álcool/abuso e drogas”.

Ainda de acordo com o relatório policial, David teria se recusado a fazer teste de sangue para confirmar a embriaguez. Ele terá de comparecer em uma audição no tribunal, que está marcada para o dia 8 de julho deste ano.

Mais detalhes   

A EW obteve acesso à uma filmagem do incidente, em que é possível ver um policial dizendo a outro que conseguia “cheirar álcool quando caminhou até o carro [de Koechner]”. O colega então responde: “Oh, Deus, eu posso sentir o cheiro daqui”. No vídeo, Koechner supostamente argumentou com os oficiais de que estava indo para a Comic-Com em West Virginia que só teria bebido “uma cerveja”. O ator falhou em vários testes de sobriedade logo em seguida.

Esse último caso é o segundo no qual o eterno Todd Parker se envolveu com a polícia depois de dirigir embriagado. O ator foi preso após bater com o carro em um poste em Simi Valley, na Califórnia, em janeiro. Nessa ocasião, David também falhou no teste de sobriedade.

Leigh Koechner, ex-mulher de David, solicitou que a permissão dele para visitar os filhos fosse suspensa e que “seguranças” fossem contratados para garantir a sobriedade do astro. Tudo isso logo depois da primeira prisão do ator. A medida ainda incluía submetê-lo ao uso de um dispositivo que monitorasse seu consumo de álcool e testes de drogas.