Notícias » Estados Unidos

Biden prevê que adultos serão vacinados em maio nos EUA: 'Não vou ceder até vencermos esse vírus'

O presidente acredita que os norte-americanos poderão comemorar o famoso 4 de julho

Redação Publicado em 11/03/2021, às 23h31 - Atualizado às 23h37

Joe Biden, presidente dos EUA
Joe Biden, presidente dos EUA - Wikimedia Commons

Enquanto o Brasil caminha em passos lentos na vacinação nacional de covid-19, o presidente dos EUA, Joe Biden, revelou que os adultos norte-americanos receberão a primeira dose da vacina contra a covid-19 no dia 1° de maio.

O presidente explicou direto da Casa Branca que estão sendo tomadas medidas para movimentar as vacinações.

Uma das medidas anunciadas pelo presidente prevê, por exemplo, destinar mais de 4 mil soldados para auxiliar na vacinação, estudantes da área de medicina, profissionais veterinários e também dentistas. Além disso, a decisão explica que enfermeiros que estão aposentados nos dias atuais também poderão auxiliar na aplicação.

Indo além, Biden também anunciou que mais doses serão enviadas para aproximadamente 950 centros de saúde comunitários e também 20 mil farmácias no ramo de varejo, assim possibilitando uma acessibilidade maior da população local. Espaços enormes também serão adaptados para funcionar de maneira drive-thru.

'Encontrar luz na escuridão'

Em uma novidade ainda mais animadora para o país, o atual presidente do país também previu que diante da segunda dose os norte-americanos poderiam comemorar o famoso 4 de julho, data que marca a independência do país.

Através do discurso feito para o país inteiro, Biden pediu a colaboração da população no combate ao vírus. "Um ano cheio de perdas de vidas e da vida para todos nós. Mas na perda vimos o quanto havia a ganhar em apreço, respeito e gratidão, encontrar luz na escuridão é algo muito americano a fazer", afirmou o presidente.

"Quando cheguei ao cargo, vocês devem se lembrar que estabeleci uma meta, e muitos de vocês disseram que era um exagero. Eu disse que pretendia aplicar 100 milhões de vacinas nos meus primeiros 100 dias. Hoje à noite, posso dizer que não vamos apenas cumprir essa meta, vamos vencer essa meta. Na verdade, estamos no caminho certo para atingir 100 milhões de doses no meu 60º dia de mandato", disse Biden.

Biden quer vacinar estadunidenses e distribuir o restante de doses para outros países

Nesta quarta-feira, 11, Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, afirmou que priorizará a vacinação de todos os estadunidenses, mas que, depois de todos já terem sido imunizados no país, tentará ajudar o resto do mundo. As informações são da Reuters, repercutidas pelo UOL.

A afirmação foi feita pelo governante em uma entrevista a jornalistas, feita depois de Biden anunciar um projeto feito com executivos-chefes da Johnson & Johnson e da MSD para a produção de mais doses da vacina. O presidente já confirmou a compra de mais 100 milhões de doses da vacina da empresa. 

++Leia a matéria completa aqui.