Notícias » Arqueologia

Estudantes descobrem tesouros raros em cidade bíblica de rei Davi, em Israel

A equipe de alunos da Universidade Macquire, da Austrália, realizou escavações entre janeiro e fevereiro e encontrou peças impressionantes

Wallacy Ferrari Publicado em 15/04/2020, às 11h16

Escultura do deus Baal encontrada, junto a equipe sendo orientada nas buscas
Escultura do deus Baal encontrada, junto a equipe sendo orientada nas buscas - Universidade Hebraica de Jerusalém / Universidade Macquire

Estudantes de arqueologia da Universidade Macquire, na Austrália, tiveram a oportunidade de realizar uma visita a uma escavação no sítio arqueológico de Khirber el-Rai, em Ziklag, após uma viagem para Israel. Cerca de 32 alunos, acompanhados de autoridades israelenses e arqueólogos profissionais, tiveram orientações práticas para escavar a área.

Durante a análise no local, foi possível localizar algumas esculturas e estatuetas que impressionaram até mesmo a equipe de pesquisadores. A estudante Hannah Newman descobriu, na última semana de escavação, uma estatueta de bronze confeccionada em o formato de um bezerro.

A estudante Hannah Newman segura a estatueta descoberta / Créditos: Universidade Macquire

 

Outra estatueta chamou ainda mais atenção pela forma e coloração: uma figura esculpida em cerâmica representando o deus Baal usando um chapéu, além de ter os braços arqueados como se tivesse uma arma longa em suas mãos, como uma lança. Feita na cor azul, a descoberta dos estudantes estava parcialmente intacta.

O stítio arqueológico, constantemente associado a vida do rei Davi, leva os arqueólogos da Universidade Macquarie a acreditar que os artefatos são datados de cerca de 3 mil anos, sendo confeccionados entre 1300 e 1000 a.C. Um santuário portátil e uma ponta de flecha de bronze também foram descobertos.