Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Schindler

Lista de Schindler escrita em 1945 é colocada à venda por valor milionário

A unidade à venda é uma das quatro únicas versões da Lista de Schindler, considerado um dos documentos mais importantes do século 20

Redação Publicado em 27/12/2023, às 18h51

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Oskar Schindler (esq.) e a lista que está à venda (dir.) - Domínio público e Moments in Time
Oskar Schindler (esq.) e a lista que está à venda (dir.) - Domínio público e Moments in Time

Uma das quatro únicas versões sobreviventes da lendária Lista de Schindler, que desempenhou um papel crucial em salvar 1.098 judeus durante o Holocausto, está disponível para compra por US$ 1,8 milhão, quase oito décadas após os eventos da Segunda Guerra Mundial.

A história dessa lista, que tornou Oskar Schindler um herói, foi eternizada no premiado filme de 1993, estrelado por Liam Neeson, intitulado ‘A Lista de Schindler’.

O empresário alemão Oskar Schindler empregou esses judeus em sua fábrica de munições e esmalte, convencendo os nazistas de sua importância e, assim, poupando suas vidas. Subornou oficiais da SS (Schutzstaffel, a organização militar de Hitler) com sua própria fortuna, esgotando recursos em dinheiro e produtos do mercado negro para proteger seus trabalhadores.

Elaboradas quando a fábrica foi transferida para um campo de trabalhos forçados, sete listas foram criadas. A versão à venda, escrita em 18 de abril de 1945 por Itzhak Stern, é a penúltima dessas listas e menciona 801 homens, detalhando suas datas e locais de nascimento.

Tentativas fracassadas

Eric Gazin e Gary Zimet, colecionadores que estão mediando a venda, esperam que o valor reduzido desta vez atraia um colecionador rico. A lista já foi colocada à venda duas vezes anteriormente, sem sucesso, uma vez no eBay em 2013 por US$ 3 milhões e em 2017 por US$ 2,4 milhões, mas nunca atraiu um lance.

Stern, que serviu como contador de Schindler, criou a lista que se tornou um testemunho incrível dos eventos da época. A relíquia de 14 páginas, mantida em sigilo durante décadas, agora está disponível para compra, representando uma oportunidade única de possuir um item histórico emocionante.

Não se pode imaginar uma relíquia mais comovente e histórica da Segunda Guerra Mundial. Esta é a oportunidade única de adquirir um item de magnitude verdadeiramente incrível”, escreveu Zimet em seu site Moments in Time, onde está sendo vendido, segundo o Daily Mail.

Oskar Schindler foi declarado Justo entre as Nações por Israel, um reconhecimento a não-judeus que arriscaram suas vidas para salvar judeus durante o Holocausto. Ele morreu em 1974, e a Lista de Schindler permanece como um dos legados mais marcantes da história do século 20.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!