Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Donald Trump

Por que Donald Trump ofendeu Elon Musk em comício?

Mais lidas: No último final de semana, Donald Trump chamou o empresário Elon Musk de “outro artista de mer**”

Fabio Previdelli Publicado em 11/07/2022, às 16h38 - Atualizado em 17/07/2022, às 10h00

Elon Musk e Donald Trump em montagem - Getty Images
Elon Musk e Donald Trump em montagem - Getty Images

Durante um comício de campanha no Alasca na noite de sábado, 9, o ex-presidente Donald Trump classificou Elon Musk como “outro artista de merd*”, alegando que o CEO da Tesla e da SpaceX votou nele nas eleições de 2016. 

A fala contraria um Tweet escrito por Musk no mês passado, quando ele declarou seu voto em Mayra Flores, que venceu uma eleição especial no Texas, dizendo que aquela foi a "primeira vez que votei no republicano". 

E em comentários durante uma cúpula de tecnologia em maio, Musk disse que votou "esmagadoramente nos democratas" no passado e "talvez nunca tenha votado em um republicano", apontou o NewsWeek.

Trump rebate

O ex-presidente americano, porém, rebateu as falas durante seu último comício. "Você sabe, ele disse outro dia 'Ah, eu nunca votei em um republicano'", começou falando sobre Musk

Eu disse, 'Eu não sabia disso.' Ele me disse que votou em mim. Então ele é outro artista de merda”, continuou. 

A relação entre os dois parece ter estremecido depois do CEO da Tesla indicar que apoiará o governador da Flórida Ron DeSantis nas eleições de 2024. Musk disse recentemente que estava "indeciso" sobre apoiar Trump ou DeSantis nas próximas eleições, mas disse no Twitter que estava inclinado a DeSantis.

Embora nenhum dos dois tenha anunciado ainda que concorrerá às eleições presidenciais de 2024, o governador da Flórida é visto por muitos especialistas como o único candidato que pode ‘barrar’ a candidatura de Trump para concorrer do lado republicano.

Musk tem novos filhos?

Segundo a reportagem do portal americano Business Insider publicada na quarta-feira, 6, o bilionário Elon Musk assumiu, em 2021, a paternidade das filhas gêmeas de uma executiva de uma de suas empresas.

O CEO de duas das maiores companhias do mundo atual — Tesla e a SpaceX — já é declaradamente pai de seis filhos, inclusive um deles também nascido no ano passado.

O site alega ter obtido acesso aos documentos judiciais nos quais Elonpedia a inclusão de seu sobrenome aos dos gêmeos. A petição foi aceita em maio, no Texas, onde ele mora.