Notícias » Personagem

Príncipe Harry diz que não sabia que preconceito inconsciente existia até andar no lugar de Meghan

Harry afirmou que sua criação não possibilitou que ele soubesse do assunto

Giovanna Gomes Publicado em 26/10/2020, às 15h39 - Atualizado às 15h40

Harry e Meghan
Harry e Meghan - Divulgação/Flickr

O príncipe Harry admitiu em entrevista com o ativista do Black Lives Matter, Patrick Hutchinson, para a revista GQ, que não sabia que existia um preconceito racista inconsciente até 'viver um dia ou uma semana' no lugar de sua esposa Meghan Markle.

O duque de Sussex disse que sua criação e educação não possibilitaram que ele entendesse o assunto. "Preconceito inconsciente, pelo meu entendimento, tendo criação e a educação que tive, eu não tinha ideia do que era. Eu não tinha ideia que existia. E então, por mais triste que seja, demorei muitos e muitos anos para perceber isso, especialmente depois de viver um dia ou uma semana no lugar de minha esposa."

E prosseguiu: "Uma vez que você percebe ou se sente um pouco desconfortável, então a responsabilidade recai sobre você para se educar, porque a ignorância não é mais uma desculpa."

O jovem também comentou sobre o caso da apresentação de dança transmitida no Britain's Got Talent no mês passado que obteve 25.000 reclamações pelos espectadores da televisão britânica ao protestar contra o racismo. A performance gerou polêmica pelo fato de que um homem representando um policial branco ajoelhou-se sobre o pescoço do dançarino Ashley Banjo em alusão ao assassinato do homem negro George Floyd nos Estados Unidos.

Harry disse: "Nós - Meghan e eu - falamos com ele (Banjo) logo depois de todo aquele processo, todo aquele momento da vida dele e da vida da Diversity (grupo de dança de Banjo). Mas o que foi interessante lá, pelo que me contaram, foi que algumas milhares de reclamações vieram logo após a apresentação."

"Mas foi três dias depois ou mesmo uma semana depois que chegou a 20.000. Então você começa a pensar, bem, quantas pessoas realmente assistem à apresentação que reclamaram? Ou eles apenas tiveram sua opinião inflamada pelo que leram?", questionou o príncipe.