Matérias » Música

'Sociedade' de David Bowie: A curiosa maneira como o artista defendeu homens de 'cabelo comprido'

Antes do sucesso mundial, a estrela criou uma maneira de proteger pessoas do sexo masculino com fios longos

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 18/06/2021, às 09h54

David Bowie, cantor britânico
David Bowie, cantor britânico - Getty Images

Conhecido como o "camaleão do Rock", David Bowie foi um aclamado cantor, compositor, ator e produtor musical britânico, que conquistou milhares de fãs ao redor do mundo. 

Ao longo dos anos, o artista inovou a música internacional, sendo considerado um dos cantores mais influentes das últimas décadas, sobretudo entre 1970 e 1980. 

Dono de uma personalidade única, o compositor também era conhecido pela profundidade intelectual de suas canções. Além disso, o britânico possuía ideais revolucionários e progressistas, sempre defendendo a liberdade de expressão. 

De acordo com a Rolling Stone, antes mesmo da fama, David Bowie já tinha um olhar à frente de seu tempo. Tal fato, o influenciou a fundar uma associação para proteger homens de cabelos grandes. 

A “Sociedade” de Bowie 

Durante a década de 1960, David Bowie — até então conhecido como Jones — tinha o cabelo comprido. Os fios abaixo dos ombros e a franja pesada acima da linha da testa, despertavam olhares preconceituosos dos londrinos da época. 

David Bowie, em 2003 / Crédito: Getty Images

 

Portanto, cansado do desconforto gerado pelos tabus daquele período, o cantor decidiu fundar a Sociedade de Prevenção à Crueldade Contra Homens de Cabelos Longos. 

O movimento criado por Bowie foi o primeiro passo que o levaria a uma carreira de sucesso, tanto na música quanto em ideais revolucionários. Além disso, ao longo da sua vida, ele influenciou tendências de moda entre os jovens. 

Por sorte, o seu empresário, Less Conn, soube aproveitar a mídia para a repercussão deste caso. A partir disso, ele pensou em ações publicitárias que beneficiaram a carreira do músico

O fato despertou o interesse de Cliff Michelmore, um entrevistador da BBC, que decidiu investigar a famosa Sociedade de Prevenção à Crueldade Contra Homens de Cabelos Longos. 

David Bowie nos palcos, em 2004 / Crédito: Getty Images 

 

Em seguida, as filmagens de Bowie e seus colegas de banda manifestando na rua — adquiridas pelo apresentador da BBC — chamaram a atenção do jornal britânico Evening News. Conforme a Rolling Stone, a partir disso, o cantor foi convidado pelo veículo para dar uma entrevista.

Na ocasião, ele alegou que os fios compridos eram uma tendência e inovação para a música da época. Todavia, o artista ressaltou que isso gerava olhares preconceituosos, portanto, a sua associação tinha como objetivo dar suporte para homens vítimas desse tabu.

A influência na moda e música  

Já no início da década de 1970, o britânico decidiu inovar o corte, mas claro, sem perder a sua identidade. O cabelo comprido foi substituído por fios curtos da cor vermelha-rosada. 

David Bowie, cantor britânico / Crédito: Getty Images 

 

Em pouco tempo, o corte inovador e ousado virou um sucesso entre os fãs. A mídia, por sua vez, classificou o gesto como uma forte tendência na moda.  

O sucesso de David Bowie e a sua influência para a cultura pop foi fundamental para a sociedade nos anos seguintes, motivo que o consagrou como um dos artistas mais extravagantes e importantes do século 20. 

O legado

Nos anos seguintes, a fama da estrela atingiu níveis elevados, o levando a ser reconhecido mundialmente, sobretudo, entre a década de 1970 e 1980. Já em 1996, ele foi homenageado no Hall da Fama do Rock & Roll.

Contudo, para a tristeza dos fãs, no início dos anos 2000, o aclamado artista anunciou a sua aposentadoria dos palcos. Infelizmente, ele veio a óbito em março de 2016, mas o seu legado permanece vivo na história da música e no coração de seus admiradores.


+Saiba mais sobre David Bowie por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

David Bowie: Stardust, Rayguns Moonage Day Dreams, de Steve Horton (2020) - https://amzn.to/3wzVdJT

David Bowie (DVD) - https://amzn.to/3gxhNNp

David Bowie: Uma vida em canções, de Rob Sheffield (2017) - https://amzn.to/3gxawgM

David Bowie: História, Discografia, Fotos e Documentos, de Mike Evans (2016) - https://amzn.to/35w1qKS

Bowie, de Wendy Leigh (2016) - https://amzn.to/35v8LKD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W