Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Tragédias

Tragédia de Viloco: o duro acidente aéreo que marcou a história do futebol

Em setembro de 1969, o time boliviano The Strongest perdia seu elenco em um triste incidente

Redação Publicado em 29/10/2020, às 15h06 - Atualizado em 24/11/2022, às 08h37

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Aeronave Douglas DC-6B - Wikimedia Commons
Aeronave Douglas DC-6B - Wikimedia Commons

O dia 26 de setembro de 1969 ficou conhecido como uma das datas mais tristes da história do futebol mundial. Neste dia, um avião Douglas DC-6B — que transportava o time boliviano The Strongest, de Santa Cruz de la Sierra até La Paz, caiu na cidade de Viloco, localizada na Cordilheira dos Andes, deixando 74 pessoas mortas, incluindo membros do clube esportivo. 

Membros do time do The Strongest no ano de 1969 / Crédito: Divulgação / Bolivia Rewind TV / 19 de jan. de 2019

Queda inexplicável

Naquele dia, jogadores e membros da equipe técnica do The Strongest voltavam para casa depois de terem sofrido uma derrota para o time do Paraguai, Cerro Porteño. A aeronave do modelo Douglas DC-6B decolou exatamente às 14h10. Após 80 minutos desde o início do voo, trabalhadores da operação de tráfego aéreo do Aeroporto de Trompillo informaram a perda de contato com o avião. Logo se preocuparam com o que poderia ter acontecido. 

Inicialmente, pensou-se que o piloto havia realizado um pouso de emergência em decorrência de algum problema, ou imprevisto. Contudo, o que verdadeiramente aconteceu foi terrível: a queda da aeronave resultou em mais de 70 mortes, nenhum passageiro ou tripulante sobreviveu. 

Na ocasião, 17 jogadores e três membros da comissão técnica do time, incluindo o treinador, morreram. Além de um integrante da direção do time rival, Cerro Porteño, que seguia para a Bolívia.

Operação resgate 

O avião caiu na região montanhosa de Viloco, conhecida como La Cancha, local de acesso restrito, o que dificultou a chegada de equipes de resgate e inicialmente, até mesmo a identificação da aeronave em questão.

A operação de resgate durou três dias e em decorrência da difícil acessibilidade da região. Os corpos foram retirados do local com o auxílio de animais de carga. Depois de entenderem que os destroços daquele avião eram de um Douglas DC-6B, a notícia da queda gerou comoção nacional e logo atingiu não só o âmbito mundial, mas, principalmente a América Latina

Torcedor do time boliviano The Strongest, mostrando a escalação do clube antes do acidente / Crédito: Divulgação / Bolivia Rewind TV / 19 de jan. de 2019

As pessoas que morreram em decorrência do incidente ficaram conhecidas como os Mártires de Viloco e tiveram seus corpos velados na Catedral de Nossa Senhora de La Paz. Na época do acidente, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), promoveu no Maracanã um jogo Fla-Flu (Flamengo x Fluminense) a fim de arrecadar fundos para doar o dinheiro para o The Strongest.

Além disso, a rivalidade também foi deixada de lado e o time contou com a ajuda de outros clubes como o Bolivar e Boca Juniors. Para prestar uma homenagem para os jogadores e membros da equipe que faleceram na tragédia de Viloco, o The Strongest decidiu construir um mausoléu.

Contudo, até hoje, as causas do acidente ainda não foram totalmenteesclarecidas. A hipótese mais aceita é a de que um incêndio no avião tenha causado a tragédia da aeronave.

Depois dessas cinco décadas, o time boliviano conseguiu recuperar suas forças e até mesmo se tornou o segundo maior vencedor do Campeonato Boliviano, com 15 títulos em sua história. Mas, o que aconteceu com seus jogadores em 26 de setembro de 1969, jamais será esquecido.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!