Curiosidades » Arqueologia

As mais instigantes descobertas da semana

Milhares de tumbas em região conhecida por descoberta do Exército de terracota, casa de banho turca dentro de bar, sepultura coletiva de soldados britânicos, estátua de deus celta com bigode e cabelo de tainha e muito mais!

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/02/2021, às 07h00

Vala coletiva com esqueletos de soldados britânicos na Holanda
Vala coletiva com esqueletos de soldados britânicos na Holanda - Divulgação/Ton van Es

1. Tumbas em região conhecida por descoberta do Exército de terracota

Crédito: Divulgação/Weibo

 

Em Xian, China, cidade conhecida por ter sido lar da descoberta do impressionante Exército de terracota, pesquisadores descobriram 3.500 tumbas e 4.600 artefatos históricos. O número de objetos é elevado e sua importância também. Espera-se que mais itens sejam encontrados na região nos próximos meses.

Confira a notícia completa aqui.


2. Artefato misteriosos desenterrado nos Estados Unidos

Crédito: Divulgação/Arqueologia de Boston

 

Durante uma escavação realizada na propriedade da The Paul Revere House, em Boston, nos EUA, arqueólogos descobriram um item misterioso. O Departamento de Arqueologia de Boston lançou um desafio no Twitter para que internautas ajudassem na identificação do item. Mais tarde, eles divulgaram que se tratava do corredor de um guarda-sol.

Confira a notícia completa aqui.


3. Casa de banho turca dentro de bar na Espanha

Crédito: Divulgação/Damian Entwistle - Flickr

 

Donos de um bar em Sevilha, na Espanha, se surpreenderam ao encontrar uma casa de banho turca, conhecida como “hammam” muçulmano, durante uma obra no estabelecimento. A sala tinha sido escondida por um arquiteto no século 20 em um andar extra construído por ele.

Confira a notícia completa aqui.


4. Sepultura coletiva de soldados britânicos na Holanda

Crédito: Divulgação/Ton van Es

 

Na região de Vianen, na Holanda, pesquisadores descobriram uma sepultura coletiva que continha os restos mortais de 80 soldados britânicos. Acredita-se que eles tenham morrido há mais de 200 anos, durante a Primeira Guerra da Coalizão, que aconteceu entre 1792 e 1797.

Confira a notícia completa aqui.


5. Casas romanas de alto status na França

Crédito: Divulgação/Instituto Nacional de Pesquisas Arqueológicas Preventivas (Inrap)

 

Durante escavações realizadas na cidade de Nimes, na França, pesquisadores se depararam com os destroços de duas antigas casas romanas, que são conhecidas como domus. De acordo com os especialistas, elas eram habitadas por pessoas da elite da sociedade da época, tendo um elevado status social. 

Confira a notícia completa aqui.


6. Fóssil de 500 milhões de anos na Índia

Crédito: Divulgação/G.J.Retallack et al

 

Uma equipe de paleontólogos descobriu o que pode ser o primeiro fóssil do período Ediacarano já descoberto na Índia no sítio arqueológico de Bhimbetka. Acredita-se que o organismo fossilizado tenha ao menos 500 milhões de anos, colocando-o ao lado de poucos outros do tipo encontrados na Austrália e Rússia.

Confira a notícia completa aqui


7. Assentamento desconhecido da Idade do Ferro na Inglaterra

Pote encontrado durante as escavações / Crédito: Divulgação/DigVentures 

 

Um projeto arqueológico realizado em Oxfordshire, próximo a Londres, na Inglaterra, revelou vestígios raros de um assentamento da Idade do Ferro. Anteriormente desconhecido, ele data de entre 400 a.C. e 100 a.C. Os pesquisadores identificaram destroços de 15 casas em formato de cone e uma vila romana do século 3. 

Confira a notícia completa aqui.


8. Estudo revela que arte rupestre de canguru é a mais antiga da Austrália

Ninhos de vespas ao redor de uma das pinturas rupestres no local / Crédito: Pauline Heaney / Damien Finch

 

Arqueólogos finalmente puderam definir a idade de uma arte rupestre impressionante que registra um canguru. Encontrada em Kimberley, na Austrália, ela possui entre 17,5 mil e 17,1 mil anos, o que a coloca na posição de mais antiga já registrada no país.

Confira a notícia completa aqui.


9. Estátua de deus celta na Inglaterra

Crédito: Divulgação/ National Trust / Oxford Archaeology East / James Fairbairn

 

Pesquisadores divulgaram a descoberta de uma curiosa estátua de cobre que data da Idade do Ferro. Os especialistas acreditam que o objeto representa um deus celta, embora ainda não tenham identificado qual divindade em específico. Duas características da estatueta se destacaram: um bigode e um corte de cabelo de tainha.

Confira a notícia completa aqui.


10. Estudo revela que pintura do Egito Antigo pode representar espécie extinta de ganso

Reprodução realista de gansos da espécie encontrada / Crédito: Romilio, J of Arch Sci: Reports, 2021

 

Uma equipe de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, foi responsável por identificar o que pode ser uma espécie extinta de ganso em uma pintura conhecida como Gansos de Meidum. A obra em questão foi feita e descoberta no Egito e tem cerca de 4.600 anos. 

Confira a notícia completa aqui.


+Saiba mais sobre arqueologia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Arqueologia, de Pedro Paulo Funari (2003) - https://amzn.to/36N44tI

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/2GHGaWg

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, de Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/36QkWjD

Manual de Arqueologia Pré-histórica, de Nuno Ferreira Bicho (2011) - https://amzn.to/2S58oPL

História do Pensamento Arqueológico, de Bruce G. Trigger (2011) - https://amzn.to/34tKEeb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W