Coronavírus » Pandemia

Criança de seis semanas é a vítima mais jovem de coronavírus dos Estados Unidos

Bebê foi levado às pressas ao hospital mas não resistiu a doença, que já levou ao óbito de quase 50 mil pessoas pelo mundo

Caio Tortamano Publicado em 02/04/2020, às 06h00

Imagem meramente ilustrativa de bebê segurando mão de adulto
Imagem meramente ilustrativa de bebê segurando mão de adulto - Pixabay

Em Connecticut, o governador do estado, Ned Lamont, lamentou a morte de um bebê de apenas seis semanas vítima do novo coronavírus. O triste anúncio foi feito em seu Twitter, onde Lamont comentou que confirmam a primeira morte pediátrica no estado.

Na semana passada, um bebê de nove meses tinha falecido em decorrência do Covid-19 em Chicago, até então a vítima mais jovem dos Estados Unidos. A criança teria sido levada em estado inconsciente ao hospital, e não sobreviveu. Exames foram feitos e confirmaram a doença na criança.

Nova York, estado vizinho a Connecticut — com 3.500 casos e 85 mortes—, é o local mais atingido pelo novo vírus, contando com mais de 100 mil pessoas em seu território.

O óbito aconteceu durante a pior fase da doença nos Estados Unidos, que já é o país com o maior número de casos registrados em todo o mundo. Mais de 200 mil pessoas estão contaminadas com o vírus, e quase 5 mil mortes aconteceram em todo o território nacional.

Ao redor do mundo, 900 mil casos já foram confirmados e as fronteiras de diversos países — incluindo todos da América Latina — foram fechadas para tentar conter a epidemia. Ao todo, 46 mil pessoas morreram em decorrência do coronavírus.