Coronavírus » Vacina

Nova vacina da Johnson & Johnson tem eficácia de 85% contra casos graves do Coronavírus

Já na terceira fase dos testes, a farmacêutica afirmou que o imunizante previne totalmente contra mortes pela doença

Pamela Malva Publicado em 30/01/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h05

Imagem meramente ilustrativa de vacina
Imagem meramente ilustrativa de vacina - Divulgação/Pixabay

Em anúncio feito na última sexta-feira, 29, a farmacêutica Johnson & Johnson revelou os resultados da terceira fase dos testes de sua vacina contra o Coronavírus. Segundo a instituição, o imunizante de dose única é 85% eficaz contra casos graves da doença.

Realizados com 43.783 participantes do mundo todo, os testes mostraram que o imunizante protege completamente contra hospitalizações e mortes por Covid-19. Alguns dos voluntários, inclusive, foram infectados com as novas variantes do vírus.

De acordo com a pesquisa, a vacina foi 66% eficaz na prevenção de quadros moderados e graves em um período de 28 dias após a vacinação. Antes disso, verificou-se que a proteção teve início já no 14º dia depois da aplicação do imunizante.

A única diferença é que, dependendo da nacionalidade dos voluntários, os dados sofrem uma variação — ainda que, no geral, a taxa seja de 85%. Nos Estados Unidos, por exemplo, a eficácia contra casos graves e moderados da doença foi de 72%. Na América Latina e na África do Sul, no entanto, essa taxa foi de 66% e 57%, respectivamente.