Testeira

Bruce Willis: uma carreira dura de esquecer

O ator de 67 anos, que acaba de anunciar sua aposentadoria após apresentar problemas de saúde, deixa um legado para o cinema

Redação Publicado em 23/04/2022, às 09h00

Famoso personagens de Bruce Willis
Famoso personagens de Bruce Willis - Divulgação/Vídeo

Apesar de ter nascido na Alemanha, Walter Bruce Willis, é um enorme representante do ideal cinematográfico do herói americano moderno nas grandes produções de ação. Com toda sua desenvoltura, charme e estilo descontraído, Willis começou sua carreira de altos e baixos na famosa série ‘A Gata e o Rato’, ao lado de Cybill Shepherd.

Embora na tela o casal de atores fosse sensacional, na vida real eles não se davam tão bem assim, o que rendia inúmeras inspirações para os produtores escreverem suas histórias.

Foi durante uma pausa nas gravações, quando Cybill engravidou, que Willisteve a chance de sua vida, gravar o primeiro longa da franquia ‘Duro de Matar’. Grande conquista de sua carreira, o filme não só foi aclamado pela crítica e público, como serviu para influenciar os filmes de ação, tal qual conhecemos hoje.

Na pele do detetive John McClane, que luta contra terroristas em um grande prédio de escritórios em Los Angeles, Willis mostrou ao mundo um herói sem superpoderes, apenas dotado de destreza e sensibilidade.

Atualmente com 67 anos,Willis acaba de anunciar sua aposentadoria por causa de um diagnóstico de afasia, distúrbio de linguagem que afeta a comunicação. Mas sua história dentro do cinema é inegável, com direito a estrela na calçada da fama.

E para celebrar a arte que esse ator inquestionavelmente nos proporcionou, vamos lembrar de alguns de seus personagens.

O boxeador

Em ‘Pulp Fiction: Tempo de Violência’ (1994) produzido pelo cineasta Quentin Tarantino, na pele de Butch Coolidge, Willis conseguiu mostrar um pouco mais de sua versatilidade. Em um cenário de extrema violência com grandes doses de sarcasmo, o boxeador, em busca de redenção, conseguiu com que o ator conquistasse um dos seus personagens inesquecíveis. 


O condenado

Neste caso, ele conseguiu consolidar sua carreira em relação aos papéis mais sérios. Em ‘Os 12 Macacos’ (1995), Willis vive um preso no ano de 2035 que resolve aceitar uma missão muito importante, voltar no tempo e impedir um vilão de espalhar um vírus mortal.

Mas seu retorno aos tempos modernos não foi fácil, pois, claro, o viram como um maluco qualquer que acha que fez uma viagem no tempo. Trancafiado em uma instituição para pessoas com problemas mentais, ele consegue achar alguém que acredite em sua história.


O taxista

Divulgação/Vídeo

A sina dos personagens de Willis de proteger tudo e todos é conhecida por todo mundo. Mas em especial ‘O Quinto Elemento’ (1997) o ator conquista o público quando uma corrida de taxi vira a salvação da humanidade contra uma força cósmica devastadora.


O psicólogo

Ele realmente não sabia que não era a terapia que ia ajudar um menino que via pessoas mortas, e o tempo todo. Em o ‘Sexto Sentido’ (1999), o personagem não sabia era de muita coisa. A pesquisa que o psicanalista começa a fazer com o garoto trouxe consequências a todos. Esse, com certeza, é um clássico que surpreende até quem está assistindo pela segunda vez.


O super-herói

O status do personagem David Dunn era ex-jogador, até que se torna um segurança de estádio em ‘Corpo Fechado’ (2000), que virou, inclusive, uma trilogia, seguido de ‘Fragmentado’ (2016) e ‘Vidro’ (2019).

Crédito: Divugalção

No começo o longa não foi muito bem recebido, mas com o passar do tempo se tornou cult. Após sofrer um acidente de trem e conhecer um dono de loja de revista em quadrinhos, acredita que tem superpoderes, e, assim, Willis se torna o super-herói da classe trabalhadora. E você nem vai acreditar na avidez com que ele interpreta.


A voz

Não é nenhum personagem, mas sim alguns que a estrela de Hollywood interpretou no cinema, emprestando sua voz a eles. Além de ‘Olha Quem Está Falando’, ‘Beavis e Butt-Head Detonam a América’ e para o videogame ‘Apocalypse’, um dos melhores foi aquele guaxinim maluco que liderava (ou tentava) um grupo de animais silvestres que andava pelo subúrbio americano atrás de restos de comida processada na animação ‘Os Sem-Floresta’.

Todos esses personagens deixaram saudades e esperamos que Willis, nosso eterno John McClane tenha uma vida longa, sadia e encontre uma saída para os últimos acontecimentos.