Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Desventuras / Rio de Janeiro

Afinal, de onde vem o nome 'Rio de Janeiro'?

A origem do nome da cidade que carrega alguns dos principais cartões postais do Brasil

Wallacy Ferrari Publicado em 21/06/2022, às 17h51

Foto panorâmica do Rio de Janeiro - Getty Images
Foto panorâmica do Rio de Janeiro - Getty Images

A cidade do Rio de Janeiro é uma das mais cultuadas pelo mundo ao esbanjar sua cultura local como um os principais cartões postais do Brasil, marcado por paisagens como o Cristo Redentor, Pão de Açúcar e praias notórias.

Contudo, a origem do nome que batiza o estado fluminense e sua capital foi dado muito antes da popularização internacional do local, em 1565 por Estácio de Sá, como revelou o professor de história Vitor Soares.

Acumulando mais de 25 mil seguidores em suas redes sociais, Vitor apresenta o podcast Desventuras na História, promovido pelo portal do Aventuras na História, disponível nas principais plataformas de streaming de áudio.

Contudo, ele registra que, naquele ano, quando a cidade foi fundada, seu nome era ainda maior do que conhecemos: "Tecnicamente, o nome do Rio é 'São Sebastião do Rio de Janeiro', e muita gente não sabe disso".

A primeira parte do nome era atribuída ao santo padroeiro da cidade, São Sebastião. Além disso, Dom Sebastião, o rei de Portugal na época da fundação, servindo como homenagem. Mas qual seria a origem da segunda parte?

Fotografia ilustra a Baía de Guanabara / Crédito: Getty Images

Motivo do nome

Na primeira ocasião onde os portugueses observaram a Baía de Guanabara, rodeada de belezas naturais, o grupo colonizador acreditava que o local tratava-se de um rio. Tal suposição é atribuída na data de 1 de janeiro de 1502, como revelou o professor.

Contudo, Vitor deixa claro que a dominância portuguesa nos registros históricos sobre o descobrimento do país nessa época faz com que a história não tenha embasamento factual: “Bem, isso é a história oficial, mas provavelmente, é papinho”.

O historiador ainda acrescentou o motivo para os moradores da capital fluminense serem chamados de cariocas. 

Confira no vídeo abaixo!